33 RESUCITADOS

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Os 33 mineiros regressam com vida das entranhas da terra.

Mais de um bilhão de pessoas viram, em tempo real, o quase milagroso resgate dos 32 mineiros chilenos e 1 boliviano, sepultados há mais de dois meses na mina San José, no deserto de Atacama.

“A Pacha Mama os devolveu com vida, os pariu de novo”, disse uma anciã sábia, enquanto via sair, um a um, os mineiros, com óculos escuros e coletes amarelos, emergindo do fundo da terra e abraçando a seus familiares, entre aplausos e lágrimas de emoção.

A façanha foi portentosa. A máquina perfurou a rocha a 700 metros de profundidade. Através desse cordão umbilical de apenas 66 centímetros de largura, ingressou a cápsula de resgate que extraiu os 33 mineiros acidentados. 33 companheiros que desde o primeiro dia se organizaram, distribuíram as responsabilidades e se dispuseram a colaborar.

Protagonistas sem pretendê-lo de um momento histórico, os 33 mineiros converteram-se em heróis nacionais, coincidindo com o Bicentenário da Independência do Chile. Sua odisséia, desde logo, também serviu para chamar a atenção sobre os riscos que implicam o trabalho na mina.

Mario Sepúlveda, o segundo mineiro a sair à superfície, declarou que é preciso aproveitar o momento para sanar as falhas na prevenção de acidentes e não depender só da boa sorte. “Este país tem que entender de uma vez por todas que temos que fazer mudanças no mundo do trabalho, muitas mudanças”, disse Sepúlveda.

A mina San José, com 100 anos de antiguidade, conta com um longo histórico de acidentes mortais. Prova de suas deficiências em matéria de segurança é que as vigas são de madeira e não de ferro. Algumas famílias já reclamam aos proprietários irresponsáveis vários milhões de dólares em indenizações. E têm toda razão em fazê-lo.

RADIALISTAS se une à grande alegria dos mineiros, de seus familiares, do povo irmão do Chile, de todo o mundo. E o fazemos com um emotivo programa que nos emprestou a Rádio Pública do Equador. Escute-o, que está bem bonito. E o transmitam em seus informativos em sinal de solidariedade com os 33 ressuscitados.

Equipe RADIALISTAS

BIBLIOGRAFÍA
Uma produção da Rádio Pública do Equador. Roteiro, locução, música e letra de “LenguaNoticias”. Ambiente e testemunhos tomados da Televisão Nacional do Chile.

33 RESUCITADOS

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.