DÉBORA PERDÃO PARA UM INFIEL?

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Na primeira vez senti que ia morrer, mas o perdoei. Hoje voltou a ser infiel. O perdoo pela segunda vez? E a terceira?

CONTROLE CARACTERÍSTICA DE LA SERIE

EFEITO AVENIDA

LÚCIA Débora, Débora… Aquele não é o teu marido?

DÉBORA Rogério?… Onde?

LÚCIA Sem-vergonha!… Olha lá, todo derretido com aquela mulher…

CONTROLE RÁFAGA MUSICAL

DÉBORA Lá estava ele numa boa… De mãos dadas com uma jovenzinha. Se o vissem, todo delicado, um cavalheiro… (SOLUÇOS) Voltei magoada para casa. Não era a primeira vez que Rogério me enganava. Naquela noite, chegou tarde, eu já tinha deitado.

EFEITO PORTA QUE ABRE

ROGÉRIO (DEVAGAR) Débora?… Está dormindo?… Tive uma reunião até bem tarde. Estou cansado deste trabalho, a gente sabe que hora entra e não a que horas sai.

EFEITO SOLUÇOS DE MULHER

ROGÉRIO Débora, Débora… Por que está chorando?… Não compreende que os homens têm tarefas urgentes, que muitas vezes temos que sacrificar a nossa família?

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

DÉBORA (PENSANDO) Ele muito hipócrita… Já tinham me contado que estava andando com uma mulher. Mas assim, tão descaradamente?

ROGÉRIO (CANTAROLA) Até amanhã, meu amor… (A BEIJA)

DÉBORA Como se nada tivesse acontecido, dormiu…

EFEITO RONCOS E SOLUÇOS

CONTROLE CORTINA MUSICAL

DÉBORA No dia seguinte, saiu bem cedo… Fiquei nervosa a manhã toda, não podia trabalhar, as traduções não saiam bem… Ao meio-dia, não pude conter-me e liguei no seu escritório…

EFEITO DISCADO TELEFONE

DÉBORA Por favor, com o senhor Rogério Sena…

SECRETÁRIA (FILTRO) O senhor Sena foi para casa para almoçar.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

DÉBORA Mentiroso!… Passei o dia como sonâmbula… Sem vontade de fazer nada, nem a comida, nem cuidar das crianças… Tinha que entregar umas traduções… mas se não entendia minha vida, como entender outro idioma?… Naquela noite, Rogério voltou tarde novamente.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

DÉBORA Rogério, tenho que falar contigo.

ROGÉRIO Estou cansado, Débora. Falamos amanhã.

DÉBORA Se você tem reuniões até a meia-noite, pode muito bem reservar meia hora para mim.

ROGÉRIO Tá bom, fala o que foi…

DÉBORA Acontece que eu já não aguento mais. Rogério, ontem te vi com uma mulher. Te vi com meus próprios olhos.

ROGÉRIO Não inventa, Débora. Outra vez com teus fantasmas.

DÉBORA Pois desta vez a fantasma tinha o cabelo tingido e saia justa.

ROGÉRIO Acalme-se, Débora. Era só uma colega de trabalho. Não disse porque você é muito ciumenta. Estava em um jantar de negócios.

DÉBORA Sabe de uma coisa, Rogério? Eu te perdoei a primeira vez quando teu chefe tinha virado uma chefa e viajavam juntos. E na segunda, quando tua coleguinha tinha a “mãe doente”, lembra?… E quando… Mas desta vez, chega. Não quero vê-lo nunca mais.

ROGÉRIO O que está dizendo, Débora? Não me ama mais?

DÉBORA Não quero viver com um cara que não me respeita. Não dá mais.

ROGÉRIO Débora, não é o que você está pensando.

DÉBORA É o mesmo de sempre.

ROGÉRIO Por favor, meu amor. Acredite… Está bem, juro que nunca mais irei a nenhuma reunião… E se quiser, me demito do emprego.
DÉBORA Rogério, deixe de promessas absurdas. Quero separar-me de ti.

ROGÉRIO Débora, não seja assim… Serei seu escravo. Perdoe-me,
Perdoe-me… Eu prometo.

CONTROLE CORTINA TRISTE

DÉBORA Das vezes anteriores também suplicou, prometeu… Eu acreditei e o perdoei… Mas dizem que galinha que come ovo, mesmo que lhe cortem o pico… Eu já não confio nele, mas não sei se poderia viver sem ele. O que faço?… Perdoo outra vez? E você, o que faria no meu lugar?

CONTROLE MÚSICA DE SUSPENSE

*PRIMEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DE LA SERIE

LOCUTORA Primeira solução…

ROGÉRIO Por favor, meu amor. Acredite… Está bem, juro que nunca mais irei a nenhuma reunião… E se quiser, me demito do emprego.
DÉBORA Rogério, deixe de promessas absurdas. Quero separar-me de ti.

ROGÉRIO Débora, não seja assim… Serei seu escravo. Perdoe-me,
Perdoe-me… Eu prometo.

CONTROLE CONTROLE CORTINA DRAMÁTICA

DÉBORA Rogério pediu perdão de joelhos. Não era a primeira vez que o fazia. Eu lhe disse que não podia perdoá-lo. Que devia ganhar novamente minha confiança.

ROGÉRIO O que você disser, meu amor.

CONTROLE MÚSICA ROMÂNTICA

DÉBORA Aquela noite foi maravilhosa. Comportou-se como um homem apaixonado, gentil… No dia seguinte… me trouxe o café-da-manhã na cama!

ROGÉRIO Um suco delicioso, café e tostadas para meu amor… Veja, Débora? Jamais terá um amante como eu.

EFEITO RISOS DE AMBOS

DÉBORA Passamos assim uns meses. Terminaram as reuniões noturnas e tudo parecia estar bem até que…

EFEITO TOCA O TELEFONE

MULHER (FILTRO) Rogério?

DÉBORA Alô?… Alô?

EFEITO SINAL DE CORTE

DÉBORA Meu Deus!… Uma mulher. E se outra vez…? Não, Rogério me prometeu que nunca mais… Embora outro dia também ligaram para ele e saiu correndo. Disse que era uma emergência do trabalho. Não, devo tirar essas ideias locas da cabeça.

ROGÉRIO (REVER) Vou ser teu escravo. Perdoe-me, perdoe-me…

DÉBORA Estou muito preocupada. Ou melhor, assustada. E se Rogério voltou a as escapolidas? Não, ele disse, jurou, prometeu… Vai ver que eu sou muito ciumenta. Sim, é isso. Tenho que confiar nele. De qualquer modo, eu sei que ele me ama. E que sou sua esposa.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*SEGUNDA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Segunda solução…

ROGÉRIO Por favor, meu amor. Acredite em mim…

DÉBORA Rogério, quero separar-me de ti.

ROGÉRIO Débora, não seja assim… Vou ser teu escravo. Perdoe-me,
Perdoe-me…

CONTROLE INSTRUMENTAL DRAMÁTICA

DÉBORA Rogério prometeu e suplicou igual das outras vezes… Eu o ouvia como em sonhos… Sentia-me cansada e não quis brigar mais… Não tinha sentido viver assim.

ROGÉRIO Então, me perdoa?

DÉBORA Vamos dormir, Rogério. Que amanhã tenho que terminar as traduções.

CONTROLE MÚSICA INSTRUMENTAL

DÉBORA Rogério dormiu como um anjinho. Como se tudo estivesse bem. Eu, é claro, não acreditei em nada do que ele disse. E fiquei pensando a noite inteira. Então, decidi que minha vida tinha que mudar.

CONTROLE MÚSICA DANÇANTE

LÚCIA Débora, que milagre na festa? E o Rogério?

DÉBORA Tem muito trabalho. Olha, me apresenta a teus amigos?

CONTROLE MÚSICA DANÇANTE

EFEITO RISADAS, FESTA

DÉBORA Adeus, amiguinha. Vou antes que Rogério chegue em casa. E já sabe, se tiver outra festa me convide. (MEIA VOZ) Esse moreno é um gato. (RISADAS)

CONTROLE MÚSICA ROMÂNTICA

DÉBORA E assim comecei a buscar companhia fora de casa. Se Rogério saía, eu saía também. Uma noite, ele voltou antes.

EFEITO PORTA

ROGÉRIO Posso saber de onde você vem?

DÉBORA (3P) Estive com uma amiga…

ROGÉRIO É um pouco tarde, não acha?

DÉBORA Do que você está reclamando? Não estava com a fantasminha?

ROGÉRIO (GRITA) Deixe de histórias, Débora. Já sei que está saindo com a essa fulaninha. E Deus sabe aonde.

DÉBORA Ah é? Descobriu?… Que pena, meu amor… Porque você não tem
direito a dizer nem uma palavra.

ROGÉRIO Eu sou homem, Débora.

DÉBORA E eu sou mulher, Rogério. Igual a tuas amiguinhas.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

DÉBORA Brigamos muito. Estou pagando com a mesma moeda. Bom, não tanto… Eu não tenho amantes, só me divirto. Mas se ele acha que sim, melhor. Assim ficará com ciúmes e deixará de me enganar. Dizem que quando a mulher põe chifres no homem, ele se apaixona mais por ela.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*TERCEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Terceira solução…

ROGÉRIO Por favor, meu amor. Acredite em mim…

DÉBORA Rogério, quero separar-me de ti.

ROGÉRIO Débora, não seja assim… Vou ser teu escravo. Perdoe-me,
Perdoe-me…

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

DÉBORA Rogério suplicou, se ajoelhou. Vê-lo assim me deu riso e pena. Fui dormir na sala. Sua presença me fazia mal, me fazia sentir pouca coisa.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

DÉBORA No dia seguinte, nem sequer tomamos café juntos. Eu me sentia vazia, como flutuando. Saí para procurar minha amiga Lúcia.

EFEITO AMBIENTE RUA

LÚCIA Eu te disse, Débora. Não o perdoe mais.

DÉBORA Achava que com meu amor Rogério mudaria…

LÚCIA A conversa de sempre, a mulher deve dar antes que receber.

DÉBORA Sempre o amei. E tenho medo de viver só.

LÚCIA Por acaso você não vive sozinha agora? Não é maior de idade? Diga-me, Débora, sabe qual é o primeiro requisito para que nós mulheres possamos amar?

DÉBORA É… encontrar um homem que nos ame.

LÚCIA Essa é outra lorota. O que nós precisamos para amar é ser cidadãs.

DÉBORA Cidadãs?… Mas, o que quer dizer, Lúcia?… Eu sou cidadã.

LÚCIA Tem certeza?

DÉBORA Claro, eu voto, elejo meus representantes a cada quatro anos.

LÚCIA (RISADAS) Exato. E se pode eleger alguém para que governe, por que não pode eleger quem vive contigo?… E cassar-lhe o mandato também! (RISADAS)

DÉBORA Está louca, Lúcia…

LÚCIA Que nada. Pense nisso, use teus direitos.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

DÉBORA É claro que pensei. Ou melhor, já tinha pensado há tempos. Mas não me atrevia. Estava presa na tradição, no amor eterno, no medo da solidão… Quando Rogério chegou…

ROGÉRIO Débora, o que fazem estas malas na sala? E minha roupa? O que houve?

DÉBORA Eu me cansei. Vá embora de casa.

ROGÉRIO Mas, Débora, te prometi…

DÉBORA Até nisso se parece com os políticos.

ROGÉRIO O que disse? Já não me quer?

DÉBORA Te quero, Rogério. Te quero longe.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

DÉBORA Agora vivo só. É incrível como está mudando minha vida. Trabalho muito e tranquilamente. Saio, tenho amigos, rio. Não quero envolver-me com ninguém nem responder às ligações do Rogério. Lúcia tem razão. A primeira coisa é ser cidadã. A primeira coisa sou eu.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*********************

p=. GUIA PARA O DEBATE*

_Na primeira vez senti que ia morrer, mas o perdoei. Hoje voltou a ser infiel. Suas promessas, seus juramentos, de nada valeram. Ele fica de joelhos, chora, suplica. Não acredito mais. O perdoo pela segunda vez? E a terceira?_

_Primeira solução: Débora o perdoa e confia nele._
* _Segunda solução: Débora lhe paga com a mesma moeda._
* _Terceira solução: Débora coloca Rogério para fora de casa_

*********************

*Infidelidade.

Ser infiel é algo mais que ter relações sexuais com uma terceira pessoa. É um ato de deslealdade a um projeto comum, a um espaço de intimidade, a uma empresa afetiva na qual, se supõe, duas pessoas investiram seu capital mais precioso: o emocional, espiritual e sentimental. Ninguém pode ser obrigado a amar. Mas lealdade e responsabilidade são valores que merecem ser honrados.

p=. *MITOS SOBRE A INFIDELIDADE*

*Mitos:

* Todos os homem são infiéis.
* É normal e é um comportamento aceito.
* As infidelidades são boas. Uma infidelidade pode dar nova vida a um casamento monótono.
* A infidelidade não tem importância porque a pessoa infiel não se apaixona pela amante ou pelo amante.
* A infidelidade é motivada por uma falha do parceiro ou da parceira. Daí a necessidade de buscar um amante.
* A melhor maneira de manejar uma infidelidade é fazer vista grossa. Em outras palavras “aqui não acontece nada” e evitar uma crise.
* Se uma infidelidade ocorre, o casamento deve terminar em divórcio.
* As pessoas infiéis só procuram sexo.

*Realidade*

* Nos países ocidentais, as estatísticas indicam que 50% dos homens casados e mais de 30% das mulheres casadas cometeram adultério em algum momento.
* Se rompe um compromisso de lealdade sentimental e sexual contraído com o parceiro acaba com a segurança e a confiança
* Segundo o modelo cultural machista, um homem pode chegar acreditar que uma infidelidade não trai nenhum compromisso emocional.
* Para 82% das mulheres o que mais lhes doeria é que seu parceiro se apaixonasse por outra pessoa. Para 44% de homens os ultraja só a ideia de um encontro sexual, mesmo ocasional, de sua parceira com outro homem. Apenas 18% das mulheres perde o sono pelo mesmo motivo.
*A maioria das situações de infidelidade têm a ver com a desatenção do parceiro ou da parceira, não só sexualmente, mas também pela falta de comunicação.
* Mais cedo ou mais tarde o casal entrará em crise. Nenhuma pessoa pode viver eternamente enganada.
* A infidelidade nem sempre termina em ruptura. É possível salvar o casamento ou fortalecê-lo.
* A grande maioria das infidelidades tem muito pouco a ver com sexo e muito mais com a busca de atenção, admiração, e/ou proximidade emocional que foi se perdendo com o parceiro ou parceira.

*Para completar…*

* Em teu país, a infidelidade é causa de divórcio?
* Alguns mitos locais sobre a infidelidade
* Lugares em tua localidade de orientação e programas de apoio a mulheres com problemas de relacionamento (endereço e telefone)

*Como usar este programa?*

1. Apresentar o tema.
2. Passar a dramatização do conflito (sem os finais possíveis).
3. Provocar um primeiro diálogo com a audiência (o que acontecerá com a
protagonista? O que faria em um caso semelhante? Como terminará este
conflito?).
4. Passar os três finais possíveis, um a um, com comentários intercalados. Qual é a melhor solução?
5. Abrir o debate (telefônico e/ou presencial). Nesta ficha há dados para comentar o tema.
6. Você também pode fazer um debate sobe a infidelidade dos homens com perguntas da audiência.
7. Para terminar, seria conveniente ouvir o programa completo com a solução mais votada pela audiência.

BIBLIOGRAFÍA
Marcela Lagarde, Memoria Claves feministas para la negociación en el amor. Puntos de Encuentro, Managua, 2001.
Sergio Sinay, Infidelidad: la verdad de la mentira

BIBLIOGRAFÍA
Marcela Lagarde, Memoria Claves feministas para la negociación en el amor. Puntos de Encuentro, Managua, 2001.

Sergio Sinay, Infidelidad: la verdad de la mentira

DÉBORA PERDÃO PARA UM INFIEL?

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.