TÁBATA, MAMÃE, QUERO SER INDEPENDENTE

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Sou a caçula de três irmãs. Minha mãe vive comigo desde que meu pai morreu. Ela sofre de depressão e eu não tenho mais vida.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

EFEITO TELEFONE

MENINA Tia Tábata?

TÁBATA Sim, Nina, diga-me.

MENINA É minha vovozinha, está mal. Venha, depressa.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Saí correndo do meu escritório. Mais uma vez, minha mãe precisava de mim com urgência. Há 5 anos meu pai morreu e, desde então, eu que sou a caçula das três irmãs, fiquei cuidando dela.

IRMÃ 1 Eu não posso, Tábata. Tenho dois filhos adolescentes que também precisam de atenção. Estão em uma idade difícil.

IRMÃ 2 Você é a caçula, além disso… solteira. Fique com a mamãe, viremos vê-la sempre e te ajudaremos nas emergências.

CONTROLE MÚSICA SERENA

TÁBATA No começo, tudo ia bem. Minha mãe, embora estivesse triste e se sentisse só, tinha um grupo de amigas com as quais saía e se divertia. Então, as emergências não se produziam.

IRMÃ 1 Tábata, mamãe está muito bem. Devemos isso a você, irmãzinha.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Como mamãe estava muito bem, elas foram espaçando suas visitas. Não se ocupavam dela e eu não podia sair com meu namorado Boris.

BORIS Tábata, temos um luau. Será na praia, vamos?

TÁBATA Não posso, Boris. Não tenho com quem deixar a minha mãe.

BORIS Deixe-a com a tua sobrinha Nina. Ela sabe cuidar dela.

TÁBATA Não pode, já liguei para ela. É lógico, é jovem e ema festa de debutante.

BORIS Você também é jovem, Tábata.

TÁBATA Não tenho com quem deixá-la.

BORIS Bom, então, vou para tua casa.

CONTROLE MÚSICA TENSA

EFEITO TELEVISÃO

TÁBATA Boris ficava comigo em casa. Mas enquanto víamos um filme…

MÃE (3 P) Tábata… Tábata…

TÁBATA Minha mãe nos interrompia o tempo todo. Uma hora eram seus comprimidos, outra que tinha frio, que não a deixasse sozinha…

BORIS Vou embora. Volto amanhã.

TÁBATA Mas…

BORIS Sem mas, meu amor. Com certeza sua mãe estará melhor amanhã.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Pouco a pouco, minha mãe foi ficando pior. Já não saía, deixou de ver suas amigas, nem sequer ia à igreja. Estava emagrecendo e a via chorar quase todos os dias. Eu não sabia o que fazer. A levei ao médico.

DOUTOR Sua mamãe tem um quadro depressivo, Tábata. Deverá tomar estes medicamentos, mas é importante que vá a uma terapia psicológica.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

TÁBATA Mas ela não quis o tratamento.

MÃE Não, filhinha. Com estes comprimidos ficarei bem. Acontece é que me sinto tão só. Você fica trabalhando o dia inteiro e eu não tenho com quem conversar.

TÁBATA Minha mãe tinha razão, então liguei para as minhas irmãs.

IRMÃ 1 Claro, Tábata. Irei neste sábado à tarde. Você sabe, não tenho muito tempo.

IRMÃ 2 Prometo que segunda à noite dou uma passadinha aí.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

TÁBATA Minhas irmãs vinham vê-la de quando em quando. Eu as entendo. Têm responsabilidades familiares além de seus trabalhos, e isso lhes ocupa todo seu tempo. Mas, e eu? Boris me pediu em casamento e não posso dar-lhe resposta alguma.

BORIS Tábata, já passou um ano desde que te pedi em casamento. Até quando vamos esperar?

TÁBATA Não posso, Boris. Dá-me mais um tempo, até que minha mãe fique boa.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Minha mãe não só não ficou boa, mas em uma noite…

EFEITO AMBIENTE LAR

TÁBATA Mamãe, o que você tem? Meu Deus, está morrendo…

EFEITO AMBULÂNCIA

TÁBATA Liguei para uma ambulância, para minhas irmãs e para o médico. Minha mãe tinha tomado uma dose maior de medicamentos que lhe foram receitados e estava com uma intoxicação. E agora o que faço?

MÃE (CHORA) Não quero viver mais. Você não me quer, me abandonou…

TÁBATA Não sei o que fazer. Esta situação é demais para mim. O pior é que não posso contar com minhas irmãs. Como sou solteira, deixaram-me toda a responsabilidade de minha mãe. Eu a amo, como não. Mas também quero viver minha própria vida. Boris pode cansar de me esperar. O que eu faço com minha mamãe? Não sei. E você? O que faria em meu lugar?

CONTROLE MÚSICA SUSPENSE

*PRIMEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Primeira solução…

EFEITO AMBIENTE LAR

TÁBATA Mamãe, o que você tem? Santo Deus, está morrendo…

EFEITO AMBULÂNCIA

TÁBATA Minha mãe passou vários dias no hospital. Tive que pedir permissão no meu trabalho para atendê-la. Minhas irmãs iam vê-la quando podiam… só que não podiam muito.

EFEITO TELEFONE

IRMÃ 1 Tábata, irmãzinha. Não posso ir hoje, amanhã vou sem falta.

IRMÃ 2 Não posso ir ao hospital, mas quando voltar para casa, vou ver a mamãe. Já está bem?

TÁBATA O único que me acompanhava era Boris. Ele e eu a levamos e a tiramos do hospital, dávamos seus remédios, a acompanhávamos nas noites, a consolávamos.

MÃE (CHORO SUAVE)

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

TÁBATA Novamente, passava o tempo sem saber quanto duraria o tratamento da minha mãe. Voltávamos à “normalidade” e Boris se desesperava.

BORIS Tábata, até quando? Temos que encontrar uma solução. Não podemos passar a vida esperando.

TÁBATA Mas o que faço, Boris? É minha responsabilidade. Não posso abandoná-la.

BORIS Não disse isso, mas lembre-se que eu também estou esperando uma resposta tua. Pense em você mesma, Tábata. Você não pode viver a vida da tua mãe.

TÁBATA Boris está impaciente e tem razão. Em meus 27 anos não tenho vida própria. Se minha mãe fica doente, lá estou eu. Se chora, lá estou eu. Se fica nervosa e grita, quem aguenta sou eu… e Boris. Tenho que encontrar uma solução.

CONTROLE MÚSICA TENSA

TÁBATA Certa tarde consegui que minha sobrinha cuidasse da minha mãe. E sai de casa com uma determinação…

CONTROLE DIN DON

HOMEM O que deseja, senhora?

TÁBATA Quero internar a minha mãe. Por favor, explique-me como é o serviço desta casa de repouso?

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Minhas irmãs protestaram, minha mãe chorou por uns dias. Há um mês que está na casa de anciãos e vou vê-la quase todos os dias. É um lugar bonito, limpo e há outras pessoas de sua idade. Tem atenção médica tempo integral e até umas freiras para distraí-las. Eu estou tranquila, acho que é o melhor que poderia ter feito.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

TÁBATA Boris… agora podemos nos casar!

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*SEGUNDA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Segunda solução…

EFEITO AMBIENTE LAR

TÁBATA Mamãe, o que você tem? Santo Deus, está morrendo…

EFEITO AMBULÂNCIA

TÁBATA Passei uns dois dias no hospital junto com ela. Pedi permissão em meu trabalho em troca das minhas férias. Eu tinha que cuidar da minha mãe já que minhas irmãs não podiam. Era a minha função enquanto caçula.

EFEITO TELEFONE CELULAR

IRMÃ 1 Tábata, como está a mamãe? Estou tão preocupada.

IRMÃ 2 Ai, Tábata… se não fosse você.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Se não fosse por mim, o que aconteceria com a minha mãe? Eu tinha pena de ver como ela tinha perdido o gosto pela vida desde a morte de meu pai.

MÃE (CHORA) Está muito frio, Tábata.

TÁBATA Não mamãe, está calor e você tem que tomar banho.

MÃE (GRITA) Eu estou com frio, quer que eu morra?

CONTROLE GOLPE MUSICAL

TÁBATA Ela sempre teve um gênio forte, ou melhor, sempre foi impaciente e com o tempo ficou pior. Mas assim é a velhice. Assim diz o médico…

DOUTOR Paciência, Tábata. A depressão é uma doença e não depende dela curar-se ou não. Temos que continuar seu tratamento ao pé da letra… (SE PERDE)

CONTROLE MÚSICA MELANCÓLICA

TÁBATA Novamente, Boris lembrou-me de sua proposta de casamento. Está cansado desta situação e exige que ligue para minhas irmãs para que tomem conta da minha mãe.

BORIS Até quando, Tábata?

CONTROLE MÚSICA TENSA

TÁBATA Boris não entendia nada. Claro, sua mãe está jovem e sã. É verdade que às vezes me desespera só ter tempo para trabalhar e cuidar dela. Mas, o que fazer? É minha mãe e precisa de mim.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EFEITO AMBIENTE CASA

TÁBATA Temos que conversar, Boris.

BORIS (ALEGRE) Vamos nos casar, Tábata?

TÁBATA Sinto muito, Boris.

BORIS Como?

TÁBATA Te amo, Boris. Mas minha mãe vem primeiro. Não posso casar-me contigo.

BORIS Está terminando nossa relação? Não quer saber mais de mim?

TÁBATA Não quero terminar contigo, Boris. Mas também não posso me casar. Continuamos assim, quem sabe ela melhora e pensamos novamente, tá?

CONTROLE MÚSICA TRISTE

TÁBATA Boris ficou muito triste e aborrecido. Despediu-se de mim e não voltou. Já faz um mês que não nos vemos, o que posso fazer? Ele devia entender meu dever de filha e que não posso abandonar minha mãe. A ela, que me deu a vida.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*TERCEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Terceira solução…

EFEITO AMBIENTE LAR

TÁBATA Mamãe, o que você tem? Santo Deus, está morrendo…

EFEITO AMBULÂNCIA

TÁBATA Passei vários dias no hospital cuidando da minha mãe e quase perdi o emprego. Tive que trocar os dias parados pelas minhas férias.

BORIS Onde estão tuas irmãs, Tábata?

TÁBATA Elas estão muito ocupadas, você sabe, família, trabalho.

BORIS E você, Tábata? Não trabalha? Não significo nada para você?

TÁBATA Sabe que te amo, Boris. Não diga isso.

BORIS Mas te digo e insisto, Tábata. Por que elas não pensam em você? Vai passar tua vida inteira cuidando da depressão de tua mãe?

TÁBATA O que queres que eu faça? É minha mãe e tenho que cuidá-la.

BORIS Você tem irmãs, meu amor. Não é filha única.

TÁBATA Você não entende nada.

BORIS Claro que entendo, elas te deixam toda a carga. Estão se aproveitando de você, Tábata.

TÁBATA Não diga isso. Não diga.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

TÁBATA Fiquei intranquila, pensando no que Boris me disse e, no fundo do meu coração, achava que ele tinha razão. Então liguei para minhas irmãs para que viessem conversar em casa

EFEITO AMBIENTE CASA

TÁBATA Então. Não posso mais continuar cuidando da mamãe sozinha.

IRMÃ 1 Mas Tábata, do que você precisa? Se quiser contratar outra empregada para que te ajude com a mamãe, podemos dar um dinheiro. De quanto você precisa?

IRMÃ 2 Eu prometo vir ajudar-lhe nos dias que puder, Tábata. Mas sabe como é minha família, meu trabalho.

TÁBATA E eu? Já pararam para pensar em mim?

IRMÃ 1 Como não, você é solteira e está vivendo na casa da mamãe. Tem mais tempo para cuidar dela.

TÁBATA Não, não posso continuar assim. Não é só minha mãe, também é mãe de vocês.

IRMÃ 2 O que quer dizer?

TÁBATA Que nós três temos que assumir a responsabilidade pela mamãe.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

TÁBATA Depois de alguma negociação, minhas irmãs tiveram que aceitar minha proposta. Cada uma ficaria com a nossa mãe por três meses e assim, rotativamente. Não sabemos como ela responderá nem se se acostumará às diferentes famílias. Mas não tenho outra opção. Eu também quero viver minha própria vida.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

p=. **********************************

p=. GUIA PARA O DEBATE*

Sou a irmã caçula de três irmãs. Minha mãe vive comigo desde que meu pai morreu. Ela sofre de depressão e eu não tenho mais vida. Minhas irmãs estão muito ocupadas para me ajudar e meu namorado exige que nos casemos. Não sei o que fazer. Estou desesperada.
-Primeira solução: Tábata leva sua mãe a uma casa para anciãos.
-Segunda solução: Tábata fica com sua mãe.
-Terceira solução: Tábata exige que suas irmãs também cuidem de sua mãe.

p=. **********************************

*Depressão*

É um transtorno emocional que se apresenta como um estado de cansaço e infelicidade transitório ou permanente. Quem a sofre não pode se controlar e recompor-se por si mesmo. As pessoas de idade não se queixam de depressão, pois estão convencidas que têm outras doenças, mesmo quando seu médico diga o contrário. A depressão entre as mulheres tem uma freqüência que é aproximadamente o dobro da observada entre os homens.

*Respostas mais comuns da família ante uma pessoa depressiva*

Se afastam, evitam o contato. Nunca têm tempo de visitá-la.
* Negam a realidade. Não há uma doença, é uma situação passageira.
* A protegem em excesso. A família se sacrifica e faz de tudo para que esteja contente.
* Aceitam e apóiam. A reconhecem como doente e tratam de ajudá-la a curar-se.

*Como ajudar uma pessoa depressiva*

* Lembre-se que é uma doença, que não se cura voluntariamente.
* Insista em que tem que cuidar-se e buscar ajuda.
* Entenda que você não tem culpa de seu estado. Assim a ajudará melhor.

*Complexo de culpa da filha em relação à mãe*

“A filha caçula ou solteira deve velar por sua mãe”. Afirmações como esta legitimam a obrigação das mulheres com respeito ao cuidado de suas mães. É assim como muitas renunciam a sua própria vida e acompanham as mães, com doenças reais ou imaginárias, até que morram. No final, ficam sós e amarguradas.

*O que fazer*

* Evitar ver a mãe como uma vítima. Entender que ela tem uma desordem emocional que deve tratar e que merece cuidados profissionais.
* Motivar a mãe para que se ocupe em coisas que a satisfaçam e que deixe de viver através da filha, que viva sua própria vida.
* A filha não deve viver pendente de que sua mãe aceite ou não suas decisões. E embora esta tente desanimá-la em seus projetos, deve assumir suas iniciativas.
* Ignorar as manipulações e louvar as condutas contrárias como o ânimo, o apoio, o interesse verdadeiro. Assim as coisas podem mudar entre mãe e filha.
* Enfrentar o complexo de culpa e agir apesar dele. Evitar sentir-se culpada por abrir fronteiras em sua vida que excluam a mãe.
* Distribuir a responsabilidade do cuidado entre todos os membros da família. Se uma só pessoa o fizer, esta pode cair também em depressão.

bq. “Uma destas tardes, antes que Mamãe Elena dissesse que já podiam levantar da mesa, Tita, que então contava com quinze anos, anunciou com voz tremula que Pedro Muzquiz queria vir falar com ela.
– E o que tem esse senhor a me falar?
Disse Mamãe Elena depois de um silêncio interminável que encolheu a alma de Tita.
Com voz apenas perceptível Tita respondeu:
– Eu não sei.
Mamãe Elena lançou-lhe um olhar que para Tita encerrava todos os anos de repressão que haviam flutuado sobre a família e disse:
-Pois é bom que lhe informe que se é para pedir tua mão, não o faça. Perderia seu tempo e me faria perder o meu. Você sabe muito bem que por ser a mais nova das mulheres te corresponde cuidar de mim até o dia da minha morte.
Dito isso, Mamãe Elena pôs-se lentamente de pé, guardou seus óculos dentro do avental e a maneira de ordem final repetiu:
– Por hoje, terminamos com isto!”
_Laura Esquivel, Como água para o chocolate._

*Para completar…*

* Lembre um caso e como se resolveu
* Clubes para pessoas de idade (endereço e telefone)
* Lugares de orientação e programas de atenção psicológica a mulheres de idade (endereço e telefone)

*Como usar este programa?

1. Apresentar o tema.
2. Passar a dramatização do conflito (sem os finais possíveis).
3. Provocar um primeiro diálogo com a audiência (o que acontecerá com a protagonista? O que faria em um caso semelhante? Como terminará este
conflito?).
4. Passar os três finais possíveis, um a um, com comentários intercalados. Qual é a melhor solução?
5. Abrir o debate (telefônico e/ou presencial). Nesta ficha há dados para comentar o tema.
6. Você também pode convidar várias mães e filhas para comentar o programa e responder as perguntas da audiência.
7. Para terminar, seria conveniente ouvir o programa completo com a solução mais votada pela audiência.

BIBLIOGRAFÍA

Vicenta Sanz Herrero, Psicóloga Clínica, ¿Es tu madre manipuladora?(enlace)* Las mujeres y la depresión(enlace)

TÁBATA, MAMÃE, QUERO SER INDEPENDENTE

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.