TENHO 14 ANOS E ESTOU GRÁVIDA

Este radioclip no tiene audio.

Como prevenir a gravidez entre adolescentes?

LOCUTOR A seguir, nosso habitual espaço “O consultório sexual da doutora Mirales”.

CONTROLE CARACTERÍSTICA CONSULTÓRIO

DOUTORA Amigas, amigos, novamente com vocês neste consultório onde queremos conversar sobre tantas perguntas que nos fazemos sobre nossa sexualidade. Perguntas que, às vezes, não temos quem nos responda. Por exemplo, escutem este caso de uma adolescente que por não perguntar a tempo aconteceu o que aconteceu…

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

MÃE (MUITO ALTERADA) O quê?… Estou ouvindo bem ou…? Que está grávida?

FILHA Mamãe… (CHORA)… eu não sabia…

MADRE Com 14 anos e está grávida!… Sem-vergonha!

FILHA (CHORA) Mamãe!

MÃE E quem vai criar esse filho, hein?… Você, que ainda está brincando de bonecas, não sabe nem fritar um ovo?… E não me olhe, porque eu não quero saber nada dessa barriga… nada!

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

DOUTORA Terrível. Uma situação muito terrível mas muito frequente em nossos lares. Vão aos hospitais públicos. Garotas de 14, 15, 16 anos dando à luz… Garotas que se convertem em mães sem ter suficiente maturidade física nem emocional. E garotos que engravidam e desaparecem. Os números não mentem. Depende dos países, mas se pode dizer que,no mundo, um de cada dez partos corresponde a uma adolescente.

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Uma primeira chamada… Alô?

MULHER Olha, doutora, aqui fala uma mamãe que gostaria estar diante dessa outra mamãe tão gritona que coloca a culpa de tudo em sua filha…

DOUTORA E para que quer estar diante dela?

MULHER Para lhe fazer umas perguntas.

DOUTORA Como quais?

MULHER Por exemplo, quantas vezes ela falou com sua filha sobre sexo… Mas não para proibir e ameaçar… Quantas vezes se sentou com ela, com confiança, para falar sobre como é lindo o amor, mas os riscos que tem?

DOUTORA A mãe e também o pai, porque os dois são responsáveis.

MULHER Claro que sim, os dois. Porque é muito fácil culpar aos adolescentes… Mas a maior responsabilidade a temos nós, os adultos, que não temos sabido educar a sexualidade de nossos filhos.

DOUTORA Você, minha amiga, disse uma verdade do tamanho do sol que nos ilumina.

MULHER E o problema não é só na casa, doutora… Ande e pergunte que educação sexual lhes dão na escola. Na lousa, lhes ensinam os órgãos, isto é um pênis, isto é uma vagina… Pura anatomia… mas não há uma verdadeira orientação sexual…

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Um momento… alô?

HOMEM Alô, doutora… Veja, eu estou totalmente de acordo com o que disse a amiga que ligou. Pais e mães que não conversam, professores que não educam… Essa é a principal causa, está certo. Mas outra causa é que os jovens não têm camisinhas.

DOUTORA E se as têm, não as usam.

HOMEM Por isso eu digo: educação e camisinha. As duas coisas, doutora. Porque já dizia meu avô que o diabo anda solto e os jovens de hoje são muito ardentes…

DOUTORA Não meta o diabo nisto, porque a sexualidade não é coisa má nem do diabo… Mas sim estou muito de acordo na necessidade de por os preservativos ao alcance da mão dos jovens.

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Outra chamada… alô?

SENHORA Que bonito, hein!… Ao alcance da mão!

DOUTORA Sim? Com quem tenho o prazer?

SENHORA Você o prazer e eu o desprazer… Isso é fomentar a promiscuidade, doutora!… Ou a senhora quer que os adolescentes andem fornicando por aí, como se fossem animaizinhos?

DOUTORA Eu não quero nada, senhora. Mas temos que prevenir a gravidez adolescente…

SENHORA Pois a forma de preveni-los não é repartindo preservativos, mas empregando o único método 100 por cento seguro.

DOCTORA E qual és esse método tão maravilhoso?

SENHORA A abstinência, doutora. A abs-ti-nên-cia.

DOUTORA Veja, senhora, eu respeito sua opinião, mas…

SENHORA Pois eu não respeito a sua. Porque nem os preservativos nem nenhuma dessas porcarias que vendem é seguro. A única forma de prevenir uma gravidez é a abstinência.

DOUTORA Pois… pois lhe direi que há um método ainda mais seguro. Sabe qual? A castração. Corte o pênis dos garotos, costure a vagina das garotas e pronto.

SENHORA Não me enche! (DESLIGA)

DOUTORA É que não podemos fechar os olhos para a realidade. E a realidade é que os jovens têm relações. Fazem sexo. Tem que se conversar com esses jovens que, muitas vezes, são analfabetos afetivos. Tem que lhes explicar. Mas também lhes facilitar o acesso aos preservativos para que possam se cuidar. Enfim, a senhora Abstinência e a todos os adolescentes que me escutam… um forte abraço!… Até a próxima!

TENHO 14 ANOS E ESTOU GRÁVIDA

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Conoce cómo se procesan los datos de tus comentarios.