A SOLIDÃO ANUNCIADA DE MIGUELZINHO

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Qualquer semelhança com algum político latino-americano é mera coincidência.

NARRADORA Miguelzinho era um bom garoto. Alegre, inteligente, sempre escutava os conselhos de sua mãe:

MÃE Miguelzinho…

MIGUEL Sim, mãe?

MÃE Quando lavar os copos, coloque-os de boca para baixo. Assim secam mais rápido, entendeu?

MIGUEL Sim, mamãe. Farei isso.

NARRADORA Miguelzinho era um excelente companheiro. Quando jogava futebol, sempre escutava a seus amigos:

EFEITO FUTEBOL

AMIGO Miguelzinho, você corre bem, chuta forte, mas joga sozinho. O futebol se joga em equipe, irmão. Os gols são feitos em equipe, entende?

MIGUEL Sim, claro…

AMIGO Então, passe mais a bola!

MIGUEL Obrigado por teu conselho, amigo.

NARRADORA Miguelzinho cresceu, foi para escola. Embora tivesse as melhores notas de sua classe, sempre escutava o professor…

PROFESSOR Excelente teu trabalho, rapaz. Mas… quer que eu te diga uma coisa?

MIGUEL Claro, professor.

PROFESSOR Escute. Você está fraco em ortografia. Com tanto papo chat e tanto celular… Para ser um bom profissional deve melhorar tua ortografia.

MIGUEL Obrigado, professor. Agradeço seu conselho.

NARRADORA Miguelzinho foi para universidade e colheu muitos êxitos porque era muito inteligente.

PROFESSOR 1 As melhores qualificações para o estudante Miguel Garcia!

EFEITO APLAUSOS

NARRADORA As garotas o admiravam, os rapazes o invejavam. Miguelzinho era um triunfador.

CONTROLESICA TRANSIÇÃO

NARRADORA E assim foi colhendo êxitos…

VOZ (3 P) Número um, o bacharel Miguel Garcia!

EFEITO APLAUSOS

NARRADORA Nos estudos, nos negócios, até no amor…

MULHER (3 P) Você é o máximo!… E tão gostoso! (SUSPIRA)

NARRADORA Rapidamente, tornou-se um líder… um líder político…

MIGUEL Isso eu prometo, cidadãos, esse é meu compromisso com vocês quando chegar no Congresso!

EFEITO APLAUSOS

CONTROLESICA TRANSIÇÃO

AMIGO Ei, Miguelzinho, chega aqui, quero dizer uma coisa!

MIGUEL “Miguelzinho”?… Um pouco mais de respeito, por favor.

AMIGO Bom, Miguel, “senhor Miguel”… quero dizer algo, amigo…

MIGUEL Diga logo, que tenho outra reunião…

AMIGO O que você prometeu no discurso de ontem não é realista.

MIGUEL Por que não é realista?

AMIGO Eu não sei, mas parece-me que…

MIGUEL “Eu não sei…eu não sei”… Não sabe? Pois se não sabe, cala a boca. Adeus.

CONTROLESICA DRAMÁTICA

NARRADORA E assim foi que Miguelzinho, perdão, o candidato Miguel Garcia, foi eleito como deputado federal. E choveram mais aplausos, mais felicitações…

CORO Miguel, Miguel, Miguel, Miguel!

NARRADORA Contam os do seu círculo íntimo, que o deputado Miguel se irrita com muita facilidade…

MIGUEL Chega de discussão!

ALGUÉM Mas senhor deputado…

MIGUEL É assim porque eu disse. E basta.

NARRADORA Os aplausos lhe subiram a cabeça. Porque o êxito e o poder embriagam mais que o álcool.

MIGUEL (REVER) É assim porque eu disse. E basta.

CONTROLESICA DRAMÁTICA

LOCUTOR Esta parábola está dedicada aos políticos da América Latina, da direita e da esquerda, aos deputados, aos senadores, aos presidentes… aos líderes que seriam melhores líderes se em vez de escutar a si mesmos, escutassem a seu povo. Mas, arrogantes, prepotentes, vão ficando sozinhos. Como Miguelzinho. 

A SOLIDÃO ANUNCIADA DE MIGUELZINHO

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.