A MÃE LOUCA

Um conto africano sobre as mães.

Publicado el 9 de mayo de 2012 a las 00:00

CONTROLESICA SUBSAARIANA



NARRADORA Há muito, muitíssimo tempo, viviam em uma aldeia duas irmãs, duas mulheres jovens que não tinham tido a sorte de ter filhos nem filhas.



HOMEM (MEIA VOZ) Essas duas trazem má sorte.



MULHER Uma mulher sem filhos é fonte de desgraça para a aldeia.



HOMEM (MEIA VOZ) É melhor que vão embora…



CONTROLE GOLPE MUSICAL



NARRADORA Apontadas pelas pessoas, as duas mulheres saíam todos os dias da aldeia e voltavam muito tarde, tratando de não serem vistas.



EFEITO GRILOS



NARRADORA Em uma dessas noites escuras…



EFEITO GOLPES PORTA, SE ABRE



ANCIÃ Pelo amor de Deus, podem me dar algo de comer?



IRMÃ 1 Entre, entre avó. Está cansada? Sente-se.



IRMÃ 2 Ofereço-lhe uma sopa quente.



IRMÃ 1 Por Deus, você está ensopada pela chuva… Venha, venha, tome esta roupa e esta manta…



ANCIÃ Obrigada… obrigada…



CONTROLESICA SUAVE



NARRADORA As duas irmãs trataram a anciã com amabilidade e alegraram-se de que alguém as tivesse visitado, mesmo que fosse uma estranha… E aconteceu que quando a anciã terminou de comer…



ANCIÃ Hummm… Há muito silêncio nesta casa. Faltam risos e brincadeiras… onde estão seus filhos?



IRMÃ 1 Nós não temos.



IRMÃ 2 Por isso não nos querem na aldeia.



ANCIANA Pois… eu tenho um remédio para tê-los.



IRMÃ 1 Um remédio?



ANCIÃ Sim. Mas… tem seus riscos…



IRMÃ 2 (TEMEROSA) Quer dizer que podemos ficar doentes e até morrer?



IRMÃ 1 (ANSIOSA) Diga-nos, por favor, o que nos poderia acontecer se o tomarmos?



ANCIÃ Bom. É que… depois de ter dado a luz, a mãe se torna louca.



IRMÃS Louca?



ANCIÃ (RISADACARA) Sim, é assim…



IRMÃ 1 Não importa o que me aconteça. Eu seria muito feliz tendo um filho ou uma filha. E criá-la e deixá-la nesta terra que amo.



IRMÃ 2 Pois eu não. Eu não quero enlouquecer e ficar doente por um filho.



CONTROLE GOLPE MUSICAL



NARRADORA A anciã deu o remédio só a mulher que pediu. E se foi.



CONTROLESICA PASSAGEM DE TEMPO



NARRADORA Anos mais tarde a anciã voltou à aldeia e foi visitar as duas irmãs…



EFEITO CANTOS E BRINCADEIRAS DE MENINA, RISOS DE MULHER



IRMÃ 1 É Luzia, minha pequena filha…



ANCIÃ É muito linda tua filhinha!



IRMÃ 2 (REPREENDE) Avó, por que nos disse que quem tomasse o remédio se tornaria louca? Minha irmã o tomou, teve uma filha e não ficou doente.



ANCIÃ Tornar-se louca… eu não quis dizer que se tornaria uma pessoa que andasse pela aldeia rasgando as roupas, falando sem sentido ou com o olhar perdido nas nuvens…



IRMÃ 2 E então?



ANCIÃ (TERNA) Uma mulher que dá à luz um filho ou uma filha vai gritar, chorar e rir sem parar. Sofrerá por sua criatura e será feliz sem limites. Conversará com ele, o castigará para logo o abraçar e cantar, lhe amará mais além da sua vida…
Isso é ser mãe… e tornar-se louca.



CONTROLESICA TERNA

BIBLIOGRAFÍA
Contos do Mundo

Hay 0 comentarios
captcha
Quiero ser notificado por email cuando haya nuevos comentarios.