CINCO MIL ÁUDIOS!

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

A RADIOTECA faz aniversário.

Entre todas e todos… conseguimos! Na RADIOTECA.net já são compartilhados mais de cinco mil áudios.

Imagine um site com milhares de produções sobre Direitos Humanos, ecologia, sexualidade, todas com os diretos compartilhados livres para usar em qualquer emissora?

Esta pergunta foi feita, há 4 anos em Quito, por um grupo de radialistas visionários de todo o continente.

Fecharam os olhos e imaginaram um grande portal na Internet para compartilhar suas produções. No ano seguinte, em 2005, retomaram a idéia e deram forma a ela.

E há dois anos, em um dia como hoje, 27 de outubro de 2006, a RADIOTECA estreou no ciberespaço.

A RADIOTECA é mais uma demonstração de que, se nos unimos, podemos fazer grandes coisas.

O começo não foi fácil. Não havia pessoal fixo e tudo se fazia “ad honorem”. Hoje, a maioria da equipe ainda trabalha de forma voluntária.

Por isso, este dia de celebração deve começar agradecendo.

Em primeiro lugar, às organizações que contribuíram com os recursos para os servidores e a equipe técnica. Muito obrigado a UNESCO que apostou neste projeto desde o inicio. Também a CAFOD e HIVOS que sempre apoiaram qualquer iniciativa que beneficie às rádios com responsabilidade social.

Um agradecimento muito especial a Santiago Hoerth e a toda a equipe de CódigoSur. São os encarregados de que a plataforma web funcione e sempre estão imaginando como melhorá-la.

E o maior dos reconhecimentos é para você. Para todas essas pessoas que contribuíram com seus áudios, com seus materiais de capacitação, inscrevendo-se no diretório… Todas elas, todos eles, se apropriaram desta iniciativa e a tornaram sua.

Hoje são compartilhados mais de 5.000 áudios, mais de 1.400 instituições aparecem no diretório, há 70 manuais e documentos de capacitação, mais de 80.000 visitas por mês…

E no ano que vem, o que acha de chegarmos aos 10.000 áudios? Quem disse que não podemos sonhar?

CINCO MIL ÁUDIOS!

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.