Entrevistar crianças

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Dez chaves para entrevistar crianças.

As crianças conhecem mil coisas que acontecem a seu redor. E querem conta-las.

Aqui vão dez chaves para entrevistar crianças com êxito e respeitando seus direitos.

Chave 1

Chegue com alegria na entrevista. Apresente-se, conte-lhes onde trabalha, explique-lhes para quê vai entrevista-la e quando vai ser transmitida ou publicada a entrevista.

Chave 2

Antes da entrevista, reserve um tempo para mostrar-lhes como funciona o gravador ou a câmara ou a filmadora. Você pode gravar-lhes umas palavras ou tirar algumas fotos para criar um clima de confiança.

 

Chave 3

Fique a mesma altura que a criança. Você pode agachar ou permanecer sentado. O importante é que não se sintam constrangidos por uma pessoa adulta que lhes fala de “cima”.

 

Chave 4

Tome todo tempo que for necessário. Não pressione, acomode-se ao ritmo das crianças. A entrevista deve ser um diálogo leve. Alguns entrevistadores utilizam marionetes para lhes facilitar as palavras.

Chave 5

Empregue palavras simples e perguntas claras e curtas. Você tem que se adaptar a linguagem das crianças, não elas a tua linguagem.

 

Chave 6

Adote um tom natural, nunca afetado nem em “pose de entrevistador”. Evite também estes tons infantilóides que parecem se dirigir a débeis mentais. Fale com simpatia, mas sem falsas ternuras.

 

Chave 7

Lembre-se que deve contar com a permissão do pai ou da mãe, ou da escola,

para entrevistar as crianças.

Chave 8

Evite perguntas indiscretas. Nunca peça que te descrevam fatos ou situações que vulnerem seus direitos. Isto é ilegal e nada ético.

 

Chave 9

Crianças têm direito à privacidade. Não devem ser entrevistadas se não querem. Também não devem ser publicados seus nomes ou detalhes que contribuam para sua identificação, se não o desejarem. Assegure-se que estejam de acordo em que se transmita o que disseram e que sejam publicadas suas fotos.

 

Chave 10

Não deve entrevistar crianças que sofreram maltrato ou abuso sexual, ou qualquer situação que tenha posto em risco sua vida ou integridade. Entreviste, de preferência, as pessoas responsáveis por estas crianças.

BIBLIOGRAFÍA
GUÍA DE SUGERENCIAS. Niñez y adolescencia en los medios de comunicación. www.acnna.ec

Entrevistar crianças

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.