GRAVIDEZ POR VIOLÊNCIA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

O que fazer frente a uma gravidez fruto de incesto?

LOCUTOR A seguir, nosso habitual espaço “O consultório sexual da doutora Mirales”.

CONTROLE CARACTERÍSTICA CONSULTÓRIO

DOUTORA Amigas, amigos, que tal, como estão, como vão os ânimos? Com boas energias, com boas vibrações? Me alegro. E também me alegro porque recebi uma mensagem de um amigo que me diz:

CONTROLE MÚSICA DE TRANSIÇÃO

AMIGO Não faça caso, doutora, a essas pessoas fanáticas que rechaçam os preservativos e só falam da abstinência e a abstinência… São como o avestruz que esconde a cabeça na areia e se negam a ver a realidade. Negar que os jovens têm vida sexual não ajuda a resolver os problemas. Para mim, o ideal é que se um garoto ou uma garota decidem ter relações, estejam informados sobre os riscos de doenças sexualmente transmissíveis e de uma possível gravidez.

CONTROLE MÚSICA DE TRANSIÇÃO

DOUTORA Para ti e para mim também. É correto o que você disse. Que estejam informados. Que não se precipitem, que não imitem o que veem na televisão. E se decidirem ter uma relação, a tenham com métodos seguros… alô?

EFEITO TELEFONE

MULHER Doutora, isso está muito bem… esse é o mundo cor de rosa dos jovens que se amam, mas…

DOUTORA Mas?

MULHER O que acontece nos mundos onde não há amor, mas violência? O que acontece se uma garota é forçada, violada… e fica grávida? O que pode fazer?

DOUTORA Uma garota ou uma mulher… Porque nenhuma gravidez que não seja desejada deve seguir adiante. Mas, enfim, estamos falando agora de gravidez adolescente.

MULHER Isso, doutora. O que pode fazer uma adolescente abusada?

DOUTORA Pois veja, uma excelente solução são as pílulas do dia seguinte. As pílulas de emergência. Essa garota a primeira coisa que tem que fazer é ir a uma farmácia e comprar esses comprimidos que funcionam se forem tomados nas primeiras 72 horas, quer dizer, até a três dias depois do ato.

MULHER E esses comprimidos não são abortivos, doutora?

DOUTORA Nada disso. Isso dizem os moralistas. Mas a Organização Mundial da Saúde já declarou que esses comprimidos não são abortivos e não fazem nenhum mal.

MULHER Claro, mas a garota abusada vai à farmácia e lhe pedem a receita ou fica muito caro… Esse é o problema.

DOUTORA Sim, esse é o problema. Por isso, um governo responsável, um ministério da saúde que queira prevenir a gravidez adolescente, tem que assegurar o acesso fácil e gratuito aos preservativos, inclusive estas pilulas do dia seguinte… Vejamos outra chamada… sim?

EFEITO TELEFONE

PROFESSOR Uma consulta, doutora. E se passaram três dias e três semanas e a adolescente se dá conta que não veio a menstruação, que está grávida? O que pode hacer?

DOUTORA Bom, ai entra a consciência de cada um e a religião de cada um.

PROFESSOR E a sua qual é, doutora?

DOUTORA Bom, meu conselho seria que interrompa essa gravidez. Eu sei que o que estou dizendo para muitas pessoas pode soar… até criminoso… Pessoalmente, me parece que o maior crime é violar uma menina, a uma jovem, e lhe dizer que, além disso, terá que fracassar sua vida, interromper seus estudos, e se dedicar a uma criatura que não quis, que é o produto perverso de uma violação.

PROFESSOR Eu estou de acordo com a senhora, doutora. Porque, além disso, lhe conto um segredo? A maioria das gravidezes adolescentes não ocorrem no parque nem na discoteca… ocorrem nas casas de família. É o pai, ou o tio, ou o irmão, ou o primo que força a garota e a deixa grávida…

DOUTORA A pura verdade.

PROFESSOR E alguém vai me dizer que o correto é seguir adiante com essa gravidez incestuosa?

EFEITO TELEFONES

DOUTORA Ai, ai, ai… já se armou o alvoroço. Com certeza já estão telefonando os pró- vida para insultar e dizer que sou uma assassina… Pois eu penso que se uma garota violada decide interromper sua gravidez tem todo o direito a fazê-lo. E não me ponham Deus neste assunto, porque, ao menos, o Deus em que eu acredito é bom e compassivo e tem rosto de Mulher. Deus é Mãe e sabe compreender a suas filhas quando tomam uma decisão tão difícil mas tão necessária. Até a próxima, amigas e amigos!

GRAVIDEZ POR VIOLÊNCIA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.