MONTAR UMA RÁDIO (e 6)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Montar uma rádio. Transmitir em AM ou em FM?

No radioclip passado vimos como o som viaja pelos ares. Uma viagem que pode ser de diferentes formas. Vejamos as mais conhecidas.


FREQÜÊNCIA MODULADA (FM)

Estes tipos de transmissões são as mais usadas atualmente. A maior parte das emissoras que existem no planeta são de FM. Estima-se que para cada emissora AM há pelo menos 5 em FM.

AMPLITUDE MODULADA (AM)

Cada vez são menos as rádios que optam por transmitir neste sistema, embora seu alcance seja maior que as FM.

DIFERENÇAS E VANTAGENS ENTRE UM SISTEMA E OUTRO

Qualidade do som:
É a principal vantagem da FM frente à AM. As rádios de freqüência modulada são ouvidas muito melhor. O som é mais nítido e limpo. Além disso, em FM, podemos transmitir em estéreo.

Embora com a nova Rádio Digital a transmissão em AM ganhará em qualidade, ela continuará sendo inferior à FM. As emissoras AM terão um som similar a uma FM, entretanto, as FM soarão tão bem como um CD.

Interferências:
O sinal de AM é mais vulnerável às interferências. Notamos, sobretudo, quando vamos dirigindo um carro e escutando uma rádio AM. Basta que passemos por baixo de uma fiação elétrica de alta tensão para que o sinal se transforme em um ruído inaudível. De igual maneira, as tempestades ou chuvas fortes afetam a transmissão. Isso não acontece com a FM.

Alcance:
Com igual potência de transmissão, o alcance da AM sempre é maior que a FM.

As ondas que se modulam na Amplitude vão ricocheteando da terra à atmosfera.

É como se batêssemos com uma bola no chão com muita força. A bola vai quicando para cima e para baixo. Algo similar faz a AM, por isso é mais fácil que salte edifícios e montanhas cobrindo longas distâncias.

À noite, essa capa da atmosfera sobre a qual ricocheteia, se aproxima mais da terra. Por este motivo no período noturno, as AM cobrem distâncias ainda maiores.

Ao contrario, o sinal de FM viaja em linha reta. É como um chute em uma bola de futebol. A força desse chute seria a potência do transmissor. Quanto maior a potência, maior à distância.

O problema da FM é que ao encontrar-se com edifícios, montanhas ou qualquer tipo de obstáculos vai perdendo força e debilitando-se.

Tomando em conta estas diferenças, uma emissora AM é conveniente em zonas montanhosas ou de vales. Enquanto que a FM nos será mais útil nas zonas planas onde não há muitas barreiras naturais.

Públicos:
Embora esta tendência esteja mudando, ainda continua se associando a FM com públicos juvenis, modernos, musicais, enquanto a AM se imagina para públicos adultos, mais clássicos e noticiosos.

Custos:
É bem mais barato instalar uma rádio FM que uma AM. Estas últimas têm custos maiores, já que os transmissores são mais elaborados e, como vimos no radioclip passado, a instalação da antena é mais complexa.

Por outro lado, uma antena e um transmissor de FM podem ser construídos com nossas próprias mãos e inclusive os equipamentos comerciais são muito mais econômicos que os de AM.

Termina aqui este percurso pelos equipamentos e condições básicas para montar uma emissora de rádio.

Ficou com alguma dúvida?… Pois escreva para o Consultório Técnico!

MONTAR UMA RÁDIO (e 6)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.