NORMA, MEU MARIDO É ALCOÓLATRA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

O meu marido gosta de beber até se embriagar. Depois de vários anos de casada tenho que reconhecer que é alcoólatra e que já não posso mais com ele. Não sei o que fazer.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

CONTROLE SALSA

EFEITO FESTA, COPOS, RISOS

NORMA Sair com Wilson era uma delícia. Dançávamos, ríamos muito. Ele tinha um milhão de amigos, como diz a canção. E eu me divertia sem parar até a madrugada. Não, não. Minto… até que…

EFEITO COPOS, RISOS, BRINDES

NORMA Vamos embora, Wilson? Já é tarde.

WILSON (MAREADO) Tarde, Norminha? Cedo, você quer dizer. Se são só três da manhã!

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA Sim, saíamos das festas na hora em que ele já quase não podia caminhar. Mas no dia seguinte passava por mim para ir ao trabalho como se nada tivesse acontecido.

EFEITO AVENIDA

NORMA Se sente bem?

WILSON Sim, Norminha. Por quê?

NORMA Ontem você bebeu bastante.

WILSON Bastante? Não diga isso. Era uma festa, não? Tinha que me divertir.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA Isso acontecia toda vez que saíamos para algum lugar.

WILSON (REVER) É uma festa ou não?

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA Eu ficava muito chateada quando Wilson se punha a beber com os amigos. Mas como ele ficava agradável, todo o mundo o celebrava. Eu também. Assim que quando me falou de casamento, eu aceitei entusiasmada… sem pensar neste detalhe.

CONTROLE MARCHA NUPCIAL

EFEITO APLAUSOS E VIVAS AOS NOIVOS

NORMA Na festa do casamento, Wilson tomou um porre… como não tinha visto nunca. Claro, não houve noite de núpcias… Ai, Wilson… Wilson…

WILSON (RONCOS)

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

NORMA Assim começou nossa vida de casados. O primeiro mês, entre a novidade de viver juntos, o trabalho e o amor, Wilson não saiu com os amigos. E salvo um vinhozinho no jantar, quando queria ser romântico, não tomava um trago. Eu estava feliz…

EFEITO SERVE COPOS

WILSON Norminha… Norminha…

NORMA Wilson…

EFEITO (RISOS, BEIJOS)

NORMA Mas… chegou o dia. Melhor dito, a noite.

EFEITO DIN DON

AMIGO 1 Oi, Wilson!

AMIGO 2 Caramba, Norminha, você sequestrou o Wilson todo este tempo sem deixá-lo celebrar com os amigos.

AMIGO 1 Mas hoje é sexta-feira, sua noite livre, certo, Norminha?

NORMA É que…

AMIGO 2 Deixe o homem, estar casado não quer dizer que virou monge de clausura.

EFEITO RISOS

WILSON Vamos, que a noite é nossa. Tchau, meu amor.

AMIGOS Adeus, cuidaremos dele pra você…

CONTROLE MÚSICA TENSA

NORMA Se foram e meu Wilson voltou às cinco da manhã.

WILSON (TONTO E CANTANDO) Norminha… Norminha… Está dormindo? Não fique chateada, só tomamos umas cervejinhas. Até amanhã, meu amor… (RONCA).

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA A partir de então, todo fim de semana era igual.

AMIGOS Adeus, Norminha. Temos uma partidinha de truco. Voltarei logo.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA Wilson chegava de madrugada e não tinha domingo para nós. “Nós”, porque nesta altura, já tínhamos duas meninas. Eu as levava ao parque enquanto seu pai dormia a ressaca domingueira.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA Wilson cada vez bebia mais e mais…

EFEITO WILSON RONCA

NORMA Wilson, acorda. Tem que ir trabalhar…

WILSON Estou cansado, Norminha. Ligue para o escritório e diga que estou doente.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA E outro dia…

MULHER Senhora, seu marido está dormindo no bar. Vá buscá-lo.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NORMA E outro…

EFEITO BRINCADEIRA E RISOS DE HOMENS

WILSON Norma… Norminha… Estou indo celebrar a vitória de nosso time com meus amigos… Prepare algo para comer…

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA Wilson, o garoto alegre e divertido das festas com o qual que me casei, se tornou alcoólatra. E seu alcoolismo o está levando a ser irresponsável no trabalho, a se esquecer de nós, a se tornar cada vez mais violento.

WILSON (REVER) Me deixe em paz, Norma!… Eu faço da minha vida o que eu quero, ouviu?

EFEITO GOLPE DE PORTA

NORMA Está a ponto de que o demitam no trabalho. Agora não mais precisa dos amigos para ir ao bar. Vai sozinho e gasta o pouco dinheiro que temos sem medir as consequências.

WILSON (REVER, MAREADO) Me dê uma dose, saúde.

NORMA Cada dia está pior, envelheceu, descuida da roupa, cheira mal. Minhas filhas têm medo dele e eu estou com os nervos destroçados. Pelo bem delas e por mim mesma, tenho que tomar uma decisão. Mas não sei o que fazer. E você, o que faria no meu lugar?

CONTROLE MÚSICA DE SUSPENSE

PRIMEIRA SOLUÇÃO

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Primeira solução…

NORMA Wilson se tornou alcoólatra. E seu alcoolismo o está levando a ser irresponsável no trabalho, a esquecer-se de nós, a se tornar cada vez mais violento.

WILSON (REVER) Me deixe em paz, Norma. Eu faço da minha vida o que eu quiser, ouviu?

EFEITO GOLPE DE PORTA

NORMA Minha vida se tornou um inferno. E minhas filhas têm medo quando seu pai chega de madrugada…

WILSON (TONTO) Norma, Norma…!

NORMA Eu tenho que me levantar, lhe servir comida, tranqüilizá-lo… (PAUSA) Sim, Wilson, está bem…

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

NORMA Um dia, em que estava sóbrio, o abordei. (PAUSA) Wilson…

WILSON Que foi?

NORMA Você bebe muito, Wilson. Está se tornando alcoólatra.

WILSON Você está louca? Eu bebo quando quero. E se não quiser, deixo de beber.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA Insisti, mas nada. Wilson não aceitava que tinha um grave problema.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

NORMA Procurando, perguntando, descobri que existia uma organização de ajuda às pessoas alcoólatras. Fui para lá…

CONTROLE DIN DON

SECRETÁRIA Senhora Norma? Em frente, a estão esperando.

EFEITO MURMÚRIOS

NORMA Tinha várias pessoas. Falavam de suas vidas ao lado de familiares alcoólatras. No começo tive vergonha, mas o ambiente era muito amistoso.

INSTRUTOR Uma pessoa alcoólatra está doente. O álcool anula seu equilíbrio
emocional e sua vontade. Para ajudá-la se requer muito amor e paciência.

NORMA (PENSANDO) Pois para mim, a minha paciência já se esgotou…

INSTRUTOR Quando há um alcoólatra em casa, toda a família está doente. É difícil
suportar os gritos, as mentiras e até a violência do alcoólatra. Mas lembrem que com um tratamento adequado, pode ser curado.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

NORMA Voltei para casa muito esperançosa. Não era eu a única que sofria deste problema. E quanto cheguei conversei com Wilson.

EFEITO AMBIENTE LAR

NORMA Wilson, tenho notícias muito boas.

WILSON Sobre o quê?

NORMA Na terça-feira te esperam nos Alcoólicos Anônimos.

WILSON O quê?… Eu não sou alcoólatra, não preciso de nenhuma ajuda.

NORMA Precisa sim, Wilson, claro que precisa. E vamos ir juntos.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

NORMA Wilson resiste, mas pouco a pouco, com paciência, o irei convencendo. Não me darei por vencida, meu marido vai se curar.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

SEGUNDA SOLUÇÃO

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Segunda solução…

NORMA Wilson se tornou alcoólatra. E seu alcoolismo o está levando a ser irresponsável no trabalho, a esquecer-se de nós, a se tornar cada vez mais violento.

WILSON (REVER) Me deixe em paz, Norma. Eu faço da minha vida o que eu quiser, ouviu?

EFEITO GOLPE DE PORTA

NORMA Foi ao bar, estou certa. Não temos mais dinheiro, eu tenho que trabalhar cada vez mais e minhas filhas estão crescendo com medo de seu pai. Quando voltar vai me ouvir.

CONTROLE MÚSICA TENSA

NORMA E quando chegou…

EFEITO WILSON CANTANDO E TONTO

NORMA Wilson, você está bêbado. Como vem para casa assim?

WILSON (BÊBADO) Só estou alegre, Norminha. O que foi?

NORMA Está cada vez pior, é um viciado, um perdido. Por que faz isso? Diga-me.

WILSON Me deixe em paz, Norma. Se eu sou assim, você é a culpada… Por que não me entende?

NORMA (CHATEADA) O quê? Ainda por cima eu sou responsável por seus vícios? Vá embora daqui, não quero mais te ver.

WILSON (BÊBADO) Se não quer me ver, feche os olhos.

NORMA (GRITANDO) Infeliz, bêbado infeliz. Te odeio.

EFEITO FORCEJO

WILSON (VIOLENTO) Não me enche, Norma. (GOLPES) Estúpida.

NORMA Bêbado, bêbado… (CHORA)

CONTROLE CORTINA DRAMÁTICA TRISTE

NORMA Foi a gota d’água. Eu não posso viver assim nem condenar minhas filhas a ter este tipo de pai. No dia seguinte, lhe disse:

EFEITO AMBIENTE CASA

NORMA Wilson, já não aguento mais. Você não quer parar de beber, prefere o bar e os amigões a tua família.

WILSON (VITIMIZADO) Norma, é que você me faz sofrer, por isso bebo. Não me entende, não me quer.

NORMA Não diga besteiras. É um viciado. Se você bebe é por teu próprio gosto. Esquece de nós, Wilson. Nós vamos sair de casa.

CONTROLE CORTINA DRAMÁTICA

NORMA Wilson não acreditou. Mas naquela mesma tarde, minhas filhinhas e eu fomos embora. Eu não podia arrastar minha vida com um homem sem vontade. Se quer se afundar, que se afunde. Eu salvarei minhas filhas.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

TERCEIRA SOLUÇÃO

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Terceira solução…

NORMA Wilson se tornou alcoólatra. E seu alcoolismo o está levando a ser irresponsável no trabalho, a esquecer-se de nós, a se tornar cada vez mais violento.

WILSON (REVER) Me deixe em paz, Norma. Eu faço da minha vida o que eu quiser, ouviu?

EFEITO BATIDA DE PORTA

NORMA Se foi. Fiquei com raiva e pena. E se fosse eu que estava agindo mal? Talvez preciso lhe demonstrar mais amor, compreendê-lo… (PAUSA) Quando voltou, estava bêbado como sempre.

EFEITO AMBIENTE LAR

WILSON (MAREADO) Onde estão as meninas?

NORMA Estão dormindo, Wilson.

WILSON Norminha, eu te amo.

NORMA Sim, Wilson.

WILSON Estou bebinho.

NORMA Sim, Wilson. Vem dormir, descanse.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA Pela manhã o acordei cedinho. (PAUSA) Levante, Wilson, vamos ao parque com as meninas.

CONTROLE MÚSICA ALEGRE

EFEITO PARQUE, RISADAS MENINAS

NORMA Passamos um lindo dia. Eu olhava minhas filhas e o Wilson brincarem e imaginava como seria nossa vida se ele não bebesse. (RISADAS)

EFEITO RISADAS DE AMBOS E DE MENINAS

NORMA Já anoitecendo, voltamos para casa. Estávamos felizes, quando… (PAUSA) Aonde vai, Wilson?

EFEITO PORTA SE FECHA

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA Voltou bêbado… (PAUSA) O que aconteceu? Aonde foi?

WILSON (TONRO) Por aí…

NORMA Não me disse que não ia mais beber?

WILSON Norminha, só tomei um trago.

NORMA Deite, conversaremos amanhã

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NORMA No dia seguinte…

EFEITO CAFÉ DA MANHÃ

NORMA Wilson, se não quiser deixar o álcool, é melhor nos separarmos. As meninas sofrem e para ter um pai como você, é melhor não ter nenhum.

WILSON Não diga isso, Norminha. Perdoe-me, eu não poderia viver sem vocês.

NORMA Então, deixe de beber.

WILSON Como você quiser, meu amor. Se quiser que deixe de tomar, deixo. Você verá, te prometo. Confie em mim.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

NORMA Faz uns dias que Wilson deixou de beber. Não sei por quanto tempo. Oxalá desta vez cumpra sua promessa. E se não a cumprir? Continuarei tentando. Ao menos, minhas filhas terão seu pai e eu conservarei meu lar. O que me resta? Esta é a vida que me cabe viver.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

p=. **********************************

p=. GUIA PARA O DEBATE*

_O meu marido gosta de beber até se embriagar. Depois de vários anos de casada tenho que reconhecer que ele é alcoólatra e que não posso mais com ele. Quero me separar, mas tenho pena de abandoná-lo nessas condições. Não sei o que fazer. E você, o que faria no meu lugar?_

_Primeira solução: Norma procura ajuda nos Alcoólatras Anônimos._
* _Segunda solução: Norma se separa de seu marido._
* _Terceira solução: Norma acredita em suas promessas de deixar o álcool e fica com seu marido._

p=. **********************************

*Alcoolismo*

É uma enfermidade aditiva crônica causada pela dependência física e psicológica do álcool. Quem a padece bebe em excesso, possui problemas em seus relacionamentos laborais e sociais e não consegue deixar o hábito apesar de tentar ou prometer. Uma pessoa é alcoólatra quando perde a liberdade de se abster do álcool.

*Níveis de consumo de álcool*

* Bebedores sociais. Bebem com seus amigos, o álcool é parte de seu processo de socialização. Não se embriagam, salvo raras ocasiões.
* Alcoólatras Sociais. Intoxicam-se com frequência, mas mantêm certos controles de sua conduta. Sua bebida não interfere em suas relações familiares nem laborais.
* Alcoólatras. Possuem uma grande dependência ou vício ao álcool.

*Estatísticas*

Segundo a OPS (2007), na América Latina se consome 40% mais álcool que no resto do mundo. Afeta uns 38 milhões de pessoas, quase 10% da população adulta, em uma proporção de 10 homens para cada mulher. A cada ano se reportam mais de 200 mil mortes vinculadas com seu uso, cujas principais causas são o suicídio, os homicídios, o câncer, as doenças cardíacas e as hepáticas. O álcool está relacionado com mais da metade dos acidentes de trânsito graves, 20% dos acidentes de trabalho e 50% dos homicídios.

*Causas do alcoolismo*

Aparentemente, tem uma base química e um componente psicológico. Algumas pessoas são geneticamente predispostas. Outras podem se alcoolizar devido aos costumes sociais, ao seu entorno familiar ou aos hábitos adquiridos. Também por depressão, comportamento hostil e autodestrutivo, falta de maturidade sexual, timidez, pressão social e estresse.

*Características principais do alcoolismo*

* Ânsia: uma forte necessidade de beber.
* Perda de controle: incapacidade para deixar de beber uma vez que começou.
* Dependência física: sintomas de abstinência, tais como náuseas, sudorese ou tremores depois de deixar de beber.
* Tolerância: a necessidade de beber quantidades de álcool cada vez maiores para poder sentir o efeito.

*Como ajudar a uma pessoa alcoólatra*

* Aceitar que o alcoolismo costuma ser progressivo e que um alcoólatra jamais poderá beber sem risco.
* Entender que o alcoólatra é um doente e não pode controlar a bebida.
* Não facilitar que o alcoólatra continue bebendo.
* Buscar ajuda em uma organização de apoio como os Alcoólatras Anônimos.

*Para completar*

* Porcentagem de homens e mulheres que sofrem alcoolismo em sua localidade
* Lugares de orientação e tratamento de pessoas alcoólatras em sua localidade (endereço e telefone)
*Proponha a sua audiência que responda individualmente este questionário:

O álcool está controlando sua vida se…

* Se preocupa se tem álcool suficiente para a noite ou para o fim de semana?
* Esconde álcool ou compra em lugares diferentes para que as pessoas não saibam o quanto você está bebendo?
* Alterna um tipo de bebida e outro com a esperança de que isto impeça que beba demais ou que se embriague?
* Procura obter “doses” adicionais em um evento social ou de tomar bebidas às escondidas quando os demais não estão te olhando?

O álcool é um problema para você se…

* Não pode parar de beber uma vez que começa?
* Tentou parar de beber por uma semana ou algo parecido, mas só consegue deixar de fazê-lo por uns poucos dias?
* Não cumpre suas obrigações no trabalho ou domésticas por causa da bebida?
* Se sente culpado depois de beber?
* Percebe que outras pessoas comentam sobre como você bebe?
* Bebe pela manhã para poder começar o dia depois de ter bebido fortemente na noite anterior?
* Não consegue se lembrar o que aconteceu enquanto estava bebendo?
* Já feriu outra pessoa por causa de sua forma de beber?

*Como usar este programa?

1. Apresentar o tema.
2. Passar a dramatização do conflito (sem os finais possíveis).
3. Provocar um primeiro diálogo com a audiência ( o que acontecerá com a
protagonista?, o que você faria em caso semelhante?, como terminará este
conflito?).
4. Passar os três finais possíveis, um a um, com comentários intercalados. Qual é a melhor solução?
5. Abrir o debate (telefônico e/ou presencial). Nesta ficha você encontra dados para comentar o tema.
6. Também pode convidar uma pessoa que tenha deixado o álcool ou que esteja em um grupo de ajuda, ou a um familiar da pessoa alcoólatra, como é sua vida?
7. Para terminar, seria conveniente escutar o programa completo com a solução mais votada pela audiência.

BIBLIOGRAFÍA

Alcoholismo.(enlace)

NORMA, MEU MARIDO É ALCOÓLATRA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.