O FINAL DO CONTO DE FADAS

Este radioclip no tiene audio.

Os artistas não podem ter uma aspiração maior que a de servir as pessoas com sua arte.

Acho que os artistas não podem ter uma aspiração maior que a de servir as pessoas com sua arte, declarou o cantor e ator espanhol Chojin, um grande rapper, comprometido socialmente.

De pai guineano e mãe extremenha, Chojin nasceu em Torrejón de Ardoz, perto de Madri. Atualmente, além de seus concertos de hip hop, dedica-se a dar oficinas para jovens sobre violência de gênero, drogas, racismo…

A música é o pretexto, o chamariz que atrai os alunos e que os leva às sessões seguintes mais reflexivas. “Pensar é grátis”, repete o Chojin quando está com os jovens.

Não perca este rap, por favor!… Aqui você tem a violência contra as mulheres resumida em uma canção.

Também pode ver o videoclipe, realizado por Felipe Gil, membro do coletivo zemos98: http://www.youtube.com/watch?v=XYltop9ju8Y

Obrigado, Chojin, irmão, por partilhar suas canções com o povo latino-americano!

CHOJIN Sei que não agrado aos seus pais, mas o que eles sabem,
você não tão nova e eu não sou tão crescido,
demonstrei-te que te quero durante este tempo,
aceita o meu anel, e te case comigo.

LYDIA É lindo, claro que aceito, minha vida.

CHOJIN Oh, você me faz tão feliz, sei que és minha,
estava destinada para mim, o soube desde o primeiro dia, me abrace, partilha minha alegria.
Assim começou o conto de fadas,
buquê de flores, bombons, passeios e doces olhares,
o que os outros dizem não vale nada,
um homem bom mantém uma mulher apaixonada.
Os dias passam como em uma fábula,
vestidos de noiva, lista de casamento, planos, nova casa,
ela é a rainha, ela é a senhora,
ela lhe ama, ela o agüenta…

LYDIA Talvez não devesse beber tanto…

CHOJIN Está me chamando de bêbado?

LYDIA Não, não, claro…

CHOJIN Pois cale-se mulher,
Que eu sei muito bem o que faço,
anda sobe no carro e limpa essa cara de imediato.

LYDIA Claro…

CHOJIN Ela e ele se casam,
O tempo passa, uma chamada…

LYDIA Mamãe, estou grávida!

CHOJIN Não há maior motivo para estar feliz que um filho,
ele celebra saindo com seus amigos.

LYDIA Onde esteve? Estava preocupada.

CHOJIN Não comece…

LYDIA Por que não responde as minhas chamadas?

CHOJIN Não comece!

LYDIA É que você sempre me deixa sozinha em casa
e volta pelas tantas,
cheirando a colônia barata…

CHOJIN Cala!
O primeiro golpe foi o pior,
não tanto pela dor como pelo choque da situação,
essa noite ele dorme no sofá, ela não dorme nada,
sonhos partidos, lágrimas na almofada…

CHOJIN E LYDIA Quem diria que ia ser assim…
O final de um conto de fadas!
Tudo ia bem até que chegou…
O final do conto de fadas.
Nunca pensou que ia chegar…
O final do conto de fadas.
Para outra teve que partir…
O final do conto de fadas.

CHOJIN Me perdoe pelo de ontem, não sei o que aconteceu,
é que… não sei, é o estresse do trabalho,
o cansaço, ou estava um pouco bêbado,
me perdoe, sinto muito, sabe que te amo…
Depois de uns dias ela recorda o tema,
como se fosse um pesadelo distante,
pensa em contá-lo a suas amigas, mas não entenderiam,
além disso, são coisas de família.

LYDIA Ele me ama, essas coisas passam,
e é verdade que às vezes sou um pouco bocuda…

CHOJIN Nasce o bebe, uma pequena preciosa,
mas ele queria um menino e coloca a culpa em sua esposa…
Você faz tudo errado e está gorda,
como queres que eu não saia com outras?

LYDIA Mas…

CHOJIN Mas nada! O dia inteiro em casa acumulando banha
E não é capaz de deixar a janta preparada?

LYDIA Mas…

CHOJIN Calada!

LYDIA Mas…

CHOJIN Calada! Olha… Não me obrigue a fazer isso!

LYDIA Mas…

CHOJIN Calada!… Eu te avisei!… Agora fala, fala, fala, fala…
Desta vez não soube se controlar,
ela acaba no hospital,
três dias depois por fim escuta a suas amigas,
e denuncia à polícia sua tortura.
A vida volta a sorrir pouco a pouco,
ela e a filha refazem suas vidas em quase tudo,
um novo rapaz, um novo trabalho,
um novo futuro, em um novo bairro.
Mas o papel de um juiz não é suficiente para detê-lo,
e um dia quando saia do quintal,
ele a espera com um punhal, e a apunhala doze vezes.
Foi o final do conto de fadas.
Um conto real que se conta em cada cidade, cada semana,
é a nova praga,
é o final do conto de fadas.

LYDIA Quem diria que seria assim, o final do conto de fadas.
Tudo ia bem até que chegou, o final do conto de fadas.
Nunca pensou que poderia chegar ao final o conto de fadas.
Para outra teve que partir, o final do conto de fadas.

O FINAL DO CONTO DE FADAS

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Conoce cómo se procesan los datos de tus comentarios.