OS GALINHAS (9)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Eles têm que demonstrar ao mundo e a si mesmos sua potência viril. E sua invencível capacidade de sedução.

Acham-se lindos. Acham-se irresistíveis. Quando uma garota nova entra na emissora, se penteiam, arrumam as calças, escondem um pouco a barriguinha e se aproximam dela com passo de gato que caça camundongos.

Mas estes galinhas entram verdadeiramente em ação quando chega uma locutora nova na rádio. Seus hormônios se alvoroçam e não perdem tempo em convidá-las a seu escritório para começar o assédio. Depois a convidam a um café, para jantar, ou ao motel.

Prometem promoções, lhes asseguram horários mais cômodos e melhor remunerados. Asseguram-lhes, sobretudo, que são solteiros sem compromisso ou divorciados sem filhos.

Se a garota cede, vira a favorita do chefe. Goza de privilégios, chega na hora que quiser e sai (com o chefe) na hora que desejar. Seus caprichos e irresponsabilidades terão que ser suportados por toda a equipe.

As que não se deixam seduzir pelas palavras melosas do ilustre senhor diretor, ficam relegadas e logo terão que procurar outro emprego.

Mas os galinhas são chamados assim por ciscar em todo canto. Quando se cansam de uma, começam a espichar o olho na seguinte. Eles têm que demonstrar para o mundo e para si mesmos sua potência viril. E sua invencível capacidade de sedução.

LOCUTORA Chamou-me para algo, senhor diretor?

DIRETOR Nada especial… Só para saber como você se sente em sua primeira semana de trabalho.

LOCUTORA Muito bem, na verdade. Ouviu meu programa?

DIRETOR Não o perco por nada. Você tem uma voz lindíssima…

LOCUTORA Muito obrigada. O senhor é muito amável comigo.

DIRETOR E você também poderia ser muito amável comigo…

O assédio sexual é frequente nas emissoras. Frequente até demais. Além de mostrar a total falta de ética do diretor, isto cria um ambiente insalubre entre o pessoal da rádio. E como o mal exemplo é contagioso, outros varões se sentem motivados a assediar as suas colegas.

Para contratar-me não fizeram exame de voz, mas de pernas, declarava uma jovem radialista com raiva e sem saber como enfrentar a situação, porque precisava de emprego.

O assédio é crime. Em uma emissora comprometida e respeitosa com seu público não se pode tolerar estes delinquentes.

OS GALINHAS (9)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.