PAULA, ENTRE O DINHEIRO E A ÉTICA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

O novo prefeito me propôs um super salário e a administração de um meio de comunicação em troca de minha lealdade.

CONTROLEE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

EFEITO CHAMADA TELEFÔNICA

PAULA Alô? Sim, é o programa Sem Censura. Em que posso lhe ajudar?

OUVINTE Senhorita Paula, estou ligando para lhe contar um assunto muito escandaloso. Trata-se do novo prefeito. Ele nomeou como Diretor de Desenvolvimento Urbano o próprio dono de uma empresa construtora.

PAULA Porque o senhor diz que é um escândalo?

OUVINTE Escute, senhorita jornalista, este senhor é o que outorga as licenças de construção. E dizem também que é sócio do sogro do prefeito. Melhor dito colocou o rato cuidando da despensa.

PAULA Denúncia grave. É certo, senhor prefeito? A emissora vai investigar e melhor seria que o senhor mesmo esclarecesse a situação. Esperamos seu telefonema.

CONTROLE CARACTERÍSTICA INFORMATIVO

PAULA A cada dia chegam esse tipo de denúncias e a equipe de imprensa consegue dados que colocam as autoridades na berlinda.

JORNALISTA 1 (REVER) Vejam este caso: licitações fraudulentas para obras da rede de esgoto e compra de materiais.

JORNALISTA 2 (REVER) Estão descontando do salário dos funcionários para apoiar o partido do prefeito. Investiguemos.

PAULA Nós ganhamos a fama de fiscalizadores das autoridades. E ganhamos, sobretudo, a confiança das pessoas.

MULHER (REVER) Escutei isso no Sem Censura, pela jornalista Paula.

CONTROLE CORTINA MUSICAL

PAULA Poucos dias depois da denúncia, recebi um telefonema estranho…

EFEITO TELEFONE

PREFEITO A jornalista Paula Fontes?

PAULA Como está senhor Prefeito? Deseja ir ao ar? Há muitas denúncias a sua gestão…

PREFEITO Eh… Não, Paulinha. Neste momento, não. Prefiro conversar com você pessoalmente.

PAULA Pessoalmente? Veja, senhor Prefeito, o que quiser me dizer, que a audiência escute.

PREFEITO Não seja assim. É só um instante.

PAULA Até outra oportunidade, senhor Prefeito. Estimada audiência, o Prefeito da cidade acaba de telefonar, mas não aceitou ir ao ar. Estamos esperando seu esclarecimento sobre o diretor de Desenvolvimento Urbano.

CONTROLE CORTINA MUSICAL

PAULA Outro dia, recebi em minha casa uma visita mais estranha ainda. Um colega da concorrência! A que se deve esse milagre, Manuel?

MANUEL Temos que ver as amigas, não? Mais ainda quando são tão inteligentes e competitivas.

PAULA Não enrola, que entre ciganos não se lê a sorte.

MANUEL Pois te conto, Paula. Eu estou saindo do meu programa de rádio.

PAULA É? O que aconteceu?

MANUEL É que já estou cansado de denúncias e da eleição. Você não acha melhor dedicar-nos a programas mais culturais, sem confrontações?

PAULA Nos dedicar?

MANUEL Claro, escute. O Prefeito tem um canal de televisão e uma rádio. Fez-me a proposta de tomar conta de ambas. Eu pensei imediatamente em você, em tua capacidade. Além disso, é uma grana alta.

PAULA E deixar o informativo? Na verdade, Manuel, não me interessa. A cidadania precisa de jornalistas como nós, que questionam, que fiscalizam.

MANUEL Pense nisso e conversamos.

CONTROLE CORTINA MUSICAL

PAULA Não tive muito tempo para pensar…

EFEITO CHAMADA À PORTA

PAULA Senhor Prefeito!… Não esperava a sua visita em minha casa.

PREFEITO Se Maomé não vai à montanha…

PAULA Já recebi sua mensagem. E disse que não.

PREFEITO Tem um erro, Paula. Não é a Manuel, é a senhora a quem eu desejo entregar a direção do meu canal de televisão e minha rádio.

PAULA A que preço, senhor Prefeito?

PREFEITO Eu sei que você ganha muito pouco, um salário aquém da sua qualidade profissional. Eu o duplico se aceitar.

PAULA Eu perguntei a que preço, senhor Prefeito. Está comprando o meu silêncio?

PREFEITO De forma alguma, Paula. A senhora terá toda a abertura que necessite para fazer um jornalismo sem censura.

PAULA Sendo o senhor o dono?

PREFEITO Eu acredito, sobretudo, na liberdade de expressão. (MEIA VOZ) Espero sua resposta, Paulinha.

CONTROLE CORTINA DRAMÁTICA

PAULA Fiquei paralisada. É verdade que ganho muito pouco e preciso de dinheiro. Além disso, dirigir dois meios de comunicação é um desafio profissional incrível. Mas, e minha ética jornalística? E a equipe de imprensa? E as pessoas que confiam em mim, em nós? Não sei o que fazer. E você o que faria em meu lugar?

CONTROLE MÚSICA DE SUSPENSE

*PRIMEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Primeira solução…

PAULA Senhor Prefeito!… Não esperava a sua visita em minha casa.

PREFEITO Tem um erro, Paula. Não é Manuel, é a senhora a quem desejo entregar a direção do meu canal de televisão e minha rádio.

PAULA A mim? Por quê?

PREFEITO Veja, eu sou um homem de negócios e sei que com a senhora ganho dinheiro. Ganhamos, Paula.

PAULA Como assim?

PREFEITO Não seja modesta. Todo mundo conhece sua capacidade e sua audiência a seguirá aonde vá. Duplicarei seu salário.

PAULA Perdoe, mas eu devo tudo a equipe de trabalho.

PREFEITO Paulita, você deve ter dívidas, não é?

PAULA Me investigou?

PREFEITO Adivinhei? Pois, não se preocupe. Aceite minha proposta e esqueça-se das dívidas.

PAULA Senhor, Prefeito. Não é tão fácil.

PREFEITO Tem filhos? Não gostaria de uma bolsa completa para seus estudos?

PAULA Soa bem, mas eu trabalho com uma equipe.

PREFEITO Venha com a equipe completa. Faremos uma rádio e uma televisão como nunca foi visto. Triplico seu salário.

PAULA Pois…

PREFEITO Espero teu telefonema, amanhã? Daqui a alguns dias? Não duvide. Triunfaremos juntos, Paula.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

EFEITO BURBURINHO

PAULA … E o Prefeito me disse que todos podemos trabalhar com ele.

JORNALISTA 1 O quê? Estou escutando bem?

JORNALISTA 2 Claro que sim! E nos duplica o salário! Eu preciso desse dinheiro.

JORNALISTA 1 Mas temos um montão de denúncias contra ele. Estamos investigando e… Por Deus, Paula! Diga-me que não é verdade.

PAULA O Prefeito disse que teremos liberdade para opinar.

JORNALISTA 1 E você acredita nesse pilantra?

PAULA Não sei. Mas não há dúvida que uma oportunidade assim não se apresenta duas vezes.

JORNALISTA 1 Nem a confiança da população se ganha duas vezes. Não aceite.

JORNALISTA 2 Aceite, Paula. Eu vou contigo.

CONTROLE MÚSICA INSTRUMENTAL TRISTE

PAULA Aceitei. Estou um pouco envergonhada com meus colegas, mas na minha antiga rádio tinha chegado ao topo. Em troca agora… vou dirigir dois meios! (SUSPIRO) Amanhã começa meu novo destino e já tenho uma proposta para o Prefeito: um programa de livre expressão, sem censura.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*SEGUNDA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Segunda solução…

PAULA Senhor Prefeito!… Não esperava a sua visita em minha casa.

PREFEITO Tem um erro, Paula. Não é Manuel, é a senhora a quem desejo entregar a direção do meu canal de televisão e minha rádio.

PAULA A que preço, senhor Prefeito?

PREFEITO Não me ofenda, Paulinha.

PAULA O senhor quer comprar meu silêncio, não é?

PREFEITO Não, não. Eu acredito na liberdade de expressão. Venho te oferecer a melhor oportunidade de sua vida.

PAULA Ah é? Qual é?

PREFEITO Muito dinheiro, Paula. E muito poder.

PAULA Já te disse que não.

PREFEITO Pense bem. Você é uma mulher inteligente e não irá querer ficar estancada profissionalmente nem economicamente. Pense, telefonarei para você amanhã.

CONTROLE MÚSICA TENSIONANTE

PAULA No dia seguinte, contei tudo aos meus colegas.

JORNALISTA 1 Paula, O que você responderá?

PAULA Não sabe minha resposta? Duvida de mim?

JORNALISTA 2 Não, Paulinha. Queremos ouvir de tua boca, com todas as palavras.

PAULA Só há uma. Não. Não trairei a minha equipe nem o meu povo nem por todo o ouro do mundo.

TODOS Bravo!… Essa é a Paula!

CONTROLE CARACTERÍSTICA INFORMATIVO

EFEITO TELEFONE

PAULA Alô? Sim, é o programa Sem Censura.

OUVINTE 1 Quero fazer uma denúncia. No meu bairro não temos rede de esgoto…

OUVINTE 2 Senhorita Paulinha, no colégio de meu filho estão cobrando muito caro…

EFEITO TELEFONE

JORNALISTA 1 (MEIA VOZ) Paula, o Prefeito… na linha1…

PAULA O Prefeito?… Passe-me a linha… Alô?

PREFEITO Falo com a jornalista Paula?

PAULA Que surpresa, senhor Prefeito!

PREFEITO É muito difícil falar com a senhora.

PAULA Não, senhor Prefeito. Estou sempre aqui, na minha trincheira jornalística.

PREFEITO Temos uma conversa pendente.

PAULA Agora mesmo te respondo. Não vou trabalhar com o senhor. Vou ficar nesta emissora. A propósito, o que o senhor diz sobre o Diretor de Desenvolvimento Urbano? A população está esperando uma explicação, senhor Prefeito.

CONTROLE CARACTERÍSTICA INFORMATIVO

PAULA Cada vez temos mais audiência. E nesta rádio podemos fiscalizar o Prefeito e a quem for com toda liberdade. Eu continuo com minhas dívidas e meus problemas econômicos… mas com minha consciência tranquila. A quem eu não quero dever nada é a meu povo.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*TERCEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Terceira solução…

PAULA Senhor, Prefeito! Não esperava sua visita em minha casa.

PREFEITO Tem um erro, Paula. Não é Manuel, é a senhora a quem desejo entregar a direção do meu canal de televisão e minha rádio.

PAULA Manuel não disse isso.

PREFEITO Bom, na realidade é aos dois. Vocês são os melhores jornalistas da cidade e quero ambos… Ele já aceitou.

PAULA Dividir a direção? Não, senhor Prefeito, por razões pessoais, eu não posso trabalhar com Manuel.

PREFEITO Paula, reconsidere. Business are business.

PAULA Não, não. Mas… Eu poderia apoiá-lo de outro modo.

PREFEITO Ah é?

PAULA Tenho muita influência no jornal…

PREFEITO (RISOS) É muito inteligente, Paulinha. Gente como você, progride.

CONTROLE MÚSICA INSTRUMENTAL

EFEITO CARACTERÍSTICA INFORMATIVO

PAULA Alô? Sim, estamos no ar.

OUVINTE 1 (FILTRO) Senhorita jornalista, O Prefeito nos prometeu concertar a
estrada, mas passa o tempo e nada. Chame-o pela rádio.

PAULA Claro que sim! Senhor Prefeito? Bom dia! Está na linha um morador de Morgante. Diz que o senhor lhes prometeu uma estrada…

PREFEITO (FILTRO) Obrigado por chamar, Paula. Efetivamente, nestes dias
estamos terminando o estudo e muito em breve terão sua estrada nova.

PAULA O Prefeito diz que logo iniciará as obras. Tenha um pouco de paciência. Obrigada por sua atenção, senhor Prefeito.

CONTROL CARACTERÍSTICA INFORMATIVO

JORNALISTA 1 Paula, por que está tão complacente com o Prefeito?

PAULA Nada disso. É que o povo quer tudo pra ontem.

JORNALISTA 1 Hummm… Cuidado, Paula, cuidado…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

PAULA Não me importa o que pensem meus colegas. Faz anos que trabalho nesta rádio e a única coisa que tenho são dívidas.

EFEITO DISCANDO TELEFONE

PAULA Senhor Prefeito?

PREFEITO (FILTRO) Quero falar contigo em particular, Paulinha…Tenho uns suculentos avisos publicitários…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

PAULA Meus colegas estão perdendo a confiança… Sei que não devia fazer isto, mas como melhorar minhas finanças? Meus filhos crescem e eu mesma há anos que não me dou nenhum gosto. Vou ser muito cautelosa. Depois de tudo, na vida temos que saber acomodar. Temos que ser realistas.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem: Carlos Romero.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

*********************

p=. GUIA PARA O DEBATE*

_Sou uma jornalista de sucesso na minha cidade e meu programa de rádio tem muita audiência. Acabam de se realizar as eleições municipais e o novo Prefeito me propôs um ótimo salário e a administração de um meio de comunicação em troca de minha lealdade. Eu ganho pouco e o dinheiro me faz muita falta. Eu aceito?_

Primeira solução: Paula aceita a proposta do prefeito e deixa a rádio._
* _Segunda solução: Paula não aceita a proposta do prefeito e fica em sua rádio._
* _Terceira solução: Paula aceita dinheiro e propina do prefeito para não criticá-lo no seu informativo._

*********************

bq. _“O jornalista tem responsabilidade política e ideológica derivada da natureza de sua profissão, influi na consciência das massas. Essa responsabilidade é inevitável e constitui a essência de sua função social”. Código latino-americano de ética jornalística, Federação Latino-Americana de Jornalistas (FELAP)

A informação é poder. Aqueles que informam costumam ser assediados por gente ambiciosa que antepõe seus interesses pessoais ou institucionais aos da sociedade.

*Quatro pilares da ética da informação*

* Objetividade
* Pluralismo
* Independência informativa e
* Respeito.

*Independência informativa*

* Imparcialidade. Se quem informa manipula os fatos a favor de seu partido político ou sua confissão religiosa, já não é informação, mas propaganda ou proselitismo.
* Não se calar. Não se intimidar por ameaças, perigos ou chantagens, venham de onde vierem, orientadas a amordaçar a quem informam.
* Não se deixar comprar. Recusar dinheiro, viagens, doações ou privilégios, de origem pública ou privada, dirigidos a interferir no trabalho informativo.
* Nem se vender. Atitudes servis ante os chefes ou anunciantes para assegurar o posto ou não perder publicidade são também uma forma de corrupção.
* Ter agenda própria. Não ser repetidores das grandes redes que, a por sua vez, costumam ser porta-voz de interesses econômicos, políticos ou militares.
* Compromisso com a cidadania. A primeira lealdade, antes que com a instituição onde cada qual trabalha, é com a comunidade. Os comunicadores e comunicadoras se devem ao povo.

O papel social do jornalista exige um alto nível de integridade. Isto inclui seu direito a se abster de trabalhar contra suas convicções ou de revelar suas fontes de informação. Código Internacional de Ética Jornalística, UNESCO, Paris, 1983.

bq. _No circo da realidade_
_só há reflexos da realidade,_
_se desinforma da realidade,_
_tudo se compra, na realidade_
_Pedro Guerra._

*Para completar…*

* Existem códigos de ética jornalística nos meios de tua localidade? Quais são seus princípios?
* Relembre o caso de algum jornalista que tenha faltado à ética em tua cidade
* Relembre o caso de algum jornalista que se manteve em sua integridade
* Federação ou Colégio de Jornalistas de tua localidade (contato, endereço, telefone, correio eletrônico)

*Como usar este programa?*

1. Apresentar o tema.
2. Passar a dramatização do conflito (sem os finais possíveis).
3. Provocar um primeiro diálogo com a audiência ( o que acontecerá com a
protagonista?, o que você faria em caso semelhante?, como terminará este
conflito?).
4. Passar os três finais possíveis, um a um, com comentários intercalados. Qual é a melhor solução?
5. Abrir o debate (telefônico e/ou presencial). Nesta ficha você encontra dados para comentar o tema.
6. Também pode se convidar um painel de jornalistas para comentar o programa e responder as perguntas da audiência.
7. Para terminar, seria conveniente escutar o programa completo com a solução mais votada pela audiência.

BIBLIOGRAFÍA
Ética y Deontologia, Sala de Prensa,   web para profissionais da comunicação ibero-americanos, maio 2007.

PAULA, ENTRE O DINHEIRO E A ÉTICA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.