RESPONDER AO HIV-AIDS

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Um guia completo dirigido a comunicadores e comunicadoras, pessoas e instituições que informam e educam sobre o HIV e AIDS.

Às vezes, para prevenir o HIVAIDS fomentamos o medo ou os preconceitos. Usamos “infecção” e “contágio” como sinônimos, nos referimos à epidemia como uma doença de “grupos de risco” ou associamos o HIV com homossexuais ou dependentes de droga. Esses erros e confusões podem levar por terra nossas boas intenções.

Precisamente, neste primeiro de dezembro se celebra o Dia Mundial da Luta contra a AIDS. No site dos Radialistas, e também na Radioteca, você encontrará muitos áudios para usar em sua emissora nestes dias que o antecedem.

Mas, como conduzir uma revista sobre o tema? Qual linguagem escolher para falar da epidemia? Como explicar para a audiência a diferença entre o HIV e a AIDS? De que forma realizar alguns spots para evitar o avanço da epidemia?

O Guia de produção para responder ao HIVAIDS a partir da Comunicação Social vem em teu auxilio. Uma ferramenta completa de trabalho dirigida tanto a jornalistas, comunicadores, assim como pessoas e instituições que elaboram produtos para informar, comunicar e educar sobre o HIV e AIDS.

Redigida por Lourdes Vallejo , foi publicada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, PNUD, e se pode baixar da página da ONU AIDS Equador: www.onuAIDS.ec/cms2.php?c=909 

Um complemento perfeito para sermos eficazes em frear a expansão desta epidemia que afeta a mais de 30 milhões de pessoas em todo o mundo.

RESPONDER AO HIV-AIDS

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.