TEU PEIXE INTERIOR

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Os seres humanos têm uma grande dívida com os peixes.

CIENTISTA Venha, aproxime-se… Olha… É um peixe…

EFEITO BOLHAS

MENINA Sim, um peixe… E o que esse peixe tem de tão extraordinário?

CIENTISTA Cumprimente-o… É teu tataravô…

MENINA Como é? Meu tataravô?

CIENTISTA Claro, os peixes são nossos antepassados… Há muito,
muitíssimo tempo, nós fomos peixes.

MENINA Mas, que loucura está dizendo, professor?

CIENTISTA Preste atenção… Está vendo essas barbatanas que os peixes têm dos dois lados, que servem como remos para nadar?… Pois das barbatanas surgiram nossas extremidades.

MENINA Nossas mãos já foram barbatanas?

CIENTISTA Sim, isso mesmo. E observe a cabeça…

EFEITO BOLHAS

MENINA O que tem a cabeça?

CIENTISTA Foram os peixes que inventaram a cabeça, o crânio para armazenar o cérebro.

MENINA Será que o senhor não está procurando pelo em ovo, professor?

CIENTISTA Pelo não, porque os peixes não têm pelo, mas escamas. Mas observe o teu corpo. Os humanos, como tantos outros animais, têm dois olhos, duas orelhas, duas fossas nasais, um lado esquerdo e um lado direito… Sabe quem inventou este desenho simétrico?

MENINA Não me diga que também foram os peixes?

CIENTISTA Digo sim. E também foram eles os primeiros a estrear a espinha dorsal, a coluna vertebral que sustenta o corpo. E a boca com mandíbulas, e os pulmões e os dentes… tudo isso foi uma invenção dos peixes.

MENINA Eu sabia que a vida tinha começado no mar, mas isso que o senhor me disse agora…

CIENTISTA Sim, a vida nasceu no mar. No mar se desenvolveram as esponjas, os corais, os moluscos, os ouriços… e os peixes, nossos tataravôs.

MENINA Mas, professor, nem o senhor nem eu parecemos com peixes… Bom, pelo menos eu…

CIENTISTA Porque isso foi um processo longo, menina, um processo de milhões de anos. Há mais de 300 milhões de anos, um peixe começou a sair da água para buscar alimentos na terra.

MENINA Esse peixe teria aprendido a respirar fora da água, não é?

CIENTISTA Exato. Tornou-se anfíbio. E dos anfíbios surgiram os répteis. E dos répteis, as aves e os mamíferos. E entre os mamíferos estamos eu e você, os seres humanos. Essa é a maravilha da evolução das espécies. Somos tão diversos e, no entanto, tão parecidos…

EFEITO SOLUÇO

CIENTISTA Escutou?

MENINA O quê?

CIENTISTA Esse “hip hip” que os peixes fazem.

MENINA E o que é?

CIENTISTA Mais uma herança dos peixes.

MENINA O soluço?

CIENTISTA Sim, o soluço, essa contração involuntária do diafragma… (SOLUÇA)… Esse soluço que dá às vezes é uma herança da antiga respiração com brânquias dos peixes.

MENINA Incrível…

CIENTISTA Mas certo. Os seres humanos têm uma grande dívida com os peixes.

MENINA Professor, será que é por isso que quando vemos um embrião humano parece um peixinho?

CIENTISTA Sim. E o líquido amniótico da bolsa em que nada esse embrião tem a mesma composição química da água do mar. Porque, a final de contas, os seres humanos são peixes fora d’água. Isso é que somos.

 

TEU PEIXE INTERIOR

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.