A CLANDESTINIDADE DA BURCA (2)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Malalai Joya, lutadora pelos direitos das mulheres afegãs.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

NARRADOR Em 2003, com seus 23 anos, Malalai Joya foi eleita delegada ante a Loya Jirga, o Grande Conselho das Tribos Afegãs. Em sua primeira intervenção denunciou os senhores da guerra que integravam esse Conselho como criminosos, culpados pela guerra no Afeganistão e da violência contra as mulheres…

MALALAI Devem ser levados à corte nacional e internacional!

CONTROLE VÍDEO DE QUANDO A EXPULSARAM DO PARLAMENTO 

CONTROLE MÚSICA AFEGÃ MESCLA COM VOZ DELA (VER VÍDEOS

MALALAI Podem me matar, mas não calar minha voz nem esconder a verdade!

HOMENS Louca!… Mentirosa!… Vá se casar e ficar em tua casa!

EFEITOS GUERRA

NARRADOR Em 2005, Malalai foi eleita para Assembléia Nacional. De lá, também denunciou os Estados Unidos e a OTAN

MALALAI Os Estados Unidos vai trazer democracia com as bombas de racimo, o fósforo branco, ou bombardeios com aviões não tripulados que matam os inocentes? Não acredito. Nenhuma nação pode libertar a outra desse modo.

CONTROLE MÚSICA AFGÃ

NARRADOR Dois anos depois de ter obtido seu assento, foi expulsa do Parlamento por denunciar a inutilidade do próprio Parlamento.

MALALAI O burro leva cargas, a vaca dá leite. Este parlamento não faz nada.

HOMENS Fora!… Comunista!… Louca!… Vai morrer!

EFEITO DEPUTADOS INSULTANDO-A 

CONTROLE MÚSICA SUAVE E TENSA

NARRADOR Malalai teve que se casar em segredo. Ocultar a identidade de seu marido, de seus pais, de seus amigos. Sobreviveu a quatro tentativas de assassinatos. Ela nunca dorme na mesma casa…

MALALAI Até que não haja uma verdadeira democracia no Afeganistão sei que não poderei recuperar meu assento. Nem meu sonho.

NARRADOR Malalai Joya publicou um livro, “Uma mulher contra os senhores da guerra” em que narra sua história e a de seu país. Viaja pelo mundo pedindo solidariedade para seu povo e acusa os governos que apóiam os crimes de guerra afegãos.

MALALAI A cada dia, centenas de crianças morrem de fome no meu pais, enquanto os Estados Unidos gasta dois bilhões de dólares ao mês para manter sua invasão.

EFEITOS GUERRA MESCLA COM MÚSICA AFEGà

MALALAI Quero permanecer junto ao meu povo para sempre, quero viver para vê-los livres. No entanto, se eu morrer, serei muito feliz se visitarem a minha tumba. Derrame um pouco de água sobre ela e grite três vezes. Quero escutar a tua voz.

CONTROLE MÚSICA AFEGÃ MESCLA COM SONS DE GUERRA

NARRADOR No Afeganistão, atualmente, existem leis que protegem as mulheres. No entanto, 400 mulheres e meninas continuam encarceradas por “crimes contra a moral”, por fugir de casamentos forçados, da violência intrafamiliar…

VOZES MULHERES Surras, punhadas, queimaduras, violações, sequestros e ameaças de assassinato.

NARRADOR Inclusive por praticar a “zina”, prostituição forçada, depois de terem sido violadas e exploradas sexualmente.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

CONTROLE MÚSICA AFEGÃ

NARRADOR Malalai Joya continua na clandestinidade da burca em seu próprio país.

Nota:

Ver a música afegã em: 

A CLANDESTINIDADE DA BURCA (2)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.