A MEDICINA PROIBIDA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Por que se proibiu o cânhamo, mais conhecido hoje como marihuana?

CHINO Papel!… Com esta ervinha fazemos papel!

LOCUTORA Há millares de anos, os chineses aprenderam a fabricar tecidos, cordas e papel com as fibras de uma planta extraodinária: o cânhamo.

CONTROLSICA ANTIGA

LOCUTORA A planta de cânhamo, hoje conhecida como marihuana, resultou também de enorme utilidade nla medicina. Os espanhóis e os ingleses a trouxeram para a América por suas excelentes propriedades terapêuticas.

ESPANHOL Esta planta é… como uma farmácia completa!

LOCUTORA Entrevistamos ao Dr. Lester Grinspoon, professor da Escola Médica da Universidade de Harvard. Diga-nos, douctor, para que serve a planta de marihuana?

LESTER Melhor dizendo, cânhamo ou cannabis. Essa palavrinha "marijuana", tão despectiva, a inventaram depois.

LOCUTORA Pois a planta de cânhamo…

LESTER Essa planta é uma maravilha. Está indicada para o glaucoma, a epilepsia, a esclerosis, a paraplexia, a náusea produzida pelas quimioterapias contra o câncer, a AIDS, a anorexia, as migranhas, as cólicas menstruais e dores de parto, a depressão… inumeráveis doenças físicas e psíquicas.

LOCUTORA Mas, o câhamo, ou a marihuana, para que nosos ouvintes entendam melhor, não é muito perigosa?

LESTER Bem administrada por um médico, não tras nenhum rico.

LOCUTORA Então, doutor, por que uma planta tão medicinal está tão proibida?

LESTER Isso pergunta a mim… Investigue, investigue…

CONTROL HINO DOS ESTADOS UNIDOS

LOCUTORA Resulta que quase todo o papel produzido nos Estados Unidos se fazia a base de cânhamo.

HEARST Há que acabar com essa planta. Há que fabricar papel de celulosa de madeira.

LOCUTORA O empresário Randolph Hearst era dono da maior cadei de jornais. E era também dono de grandes indústrias madereiras.

HEARST Uma mentira repetida mil vezes se converte em verdade… je, je…

LOCUTORA A través de seus próprios jornais, Hearst lançou uma feroz campanha culpando à planta de cânhamo, também usada como alucinógena, dos crimes mais horríveis.

LEILOEIRO Última hora!… Três mexicanos, fumadores da terrível marijuana, assassinam crianças inocentes!… Negros enloquecidos sob os efeitos da marihuana violam mulheres brancas!

LOCUTORA Hearst se aliou com Dupont, dono da indústria química, que também queria acabar com o câhamo e substituí-lo pelo nylon sintético que ele havia patenteado.

HEARST Uma mentira repetida… je, je…

LOCUTORA Em 1937, ambos empresários conseguiram que o governo norteamericano proibisse todo uso do cânhamo, inclusive o medicinal.

HOMEM Saúde, mister Hearst!… Saúde, mister Dupont!

LOCUTORA Com a proibição, as empresas de Hearst e de Dupont floreceram.

EFEITO TIROTEIOS

LOCUTORA Mas o negócio mais florecente foi o da mesma marihuana.

LESTER E diga-o bem alto, jornalista, porque com a proibição os preços dispararam e converteram a esta planta medicinal numa droga maldita e perseguida. Hoje em dia, dez gramos de marihuana custam mais que dez gramos de ouro.

LOCUTORA O cânhamo ou cannabis, uma medicina proibida. Uma planta de excelentes propriedades curativas que nos regalarou a Natureza e da qual deu origen um grupo de mafiosos que se apropriaram para seus turbios interesses.

CONTROLSICA FECHAMENTO

LOCUTORA 15 de novembro, Dia da Marihuana Medicinal.

BIBLIOGRAFIA
Lester Grinspoons y James Bakalar, Marihuana, la medicina prohibida. Paidós, Barcelona, 1997.

A MEDICINA PROIBIDA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.