DICAS PARA PROGRAMAS RELIGIOSOS

Este radioclip no tiene audio.

Chega a Semana Santa. E agora, o que pomos?

Chega esta semana que é muito especial para cristãos e cristãs. Muita gente vai à praia. Outros, à montanha. Mas um bom grupo assiste às celebrações religiosas.

E na rádio, o que pomos? Especialmente, na quinta, sexta e sábado, recordando a morte de Jesus de Nazaré há dois mil anos em Jerusalém, muitas emissoras não sabem como armar a programação e se limitam a pôr “música sacra”.

Vejamos outras possibilidades.

1) Debates ecumênicos

Ecumênico quer dizer de várias igrejas, de várias religiões. Que tal organizar um painel com um padre católico, um pastor evangélico e uma budista? E outro painel com um muçulmano e uma monja e um testemunha de Jeová. E outro com um judeu e uma catequista, uma persona crente e outra ateia. O objetivo não é brigar nem confrontar crenças, mas exatamente o contrário. Trata-se de conhecer diferentes visões de Deus e buscar pontos de encontro. A intolerância religiosa, como todas as intolerâncias, se nutre da ignorância.

Estes debates podem durar uma hora. Procure um bom moderador ou moderadora que saiba um pouco do assunto e mantenha um bom ritmo. Aqui você pode encontrar algumas dicas para fazer bons debates. (http://www.radialistas.net/portuclip.php?id=1400362)

2) Dramatizações religiosas

Existem as dramatizações antigas da vida de Jesus. Costumam ter um enfoque muito espiritualista, para não dizer alienante. Mas na América Latina já se produziu outras séries mais legais. Um tal Jesus é já um clássico. São 144 capítulos de uns 12 minutos cada um. Pode passá-la completa, em diversos dias e horários. Pode também selecionar os capítulos correspondentes à morte de Jesus (106 ao 124) e ao testemunho de sua ressurreição (125 ao 130).

Outra série que será útil, bem polêmica, é Outro Deus é Possível. São 100 capítulos de uns 5 minutos cada um. Pode passá-la completa. E pode selecionar, por exemplo, os capítulos que correspondem a Semana Santa (82 ao 86). O capítulo 98, sobre a ressurreição, provocará reações entre tua audiência. E como agora temos o Papa Francisco, recomendamos o capítulo 92, um debate entre Jesus Cristo e o papa anterior.

As séries da SERPAL também ajudarão para armar a guia desta semana. Cheque os capítulos de O Padre Vicente, Jurado 13, Francisco, etc. E a minissérie sobre o Apocalipse, o último livro da Bíblia.

3) Áudio-debates

Pode passar um radioteatro e sair para tomar café. Mas pode aproveitá-lo como dinamizador para uma entrevista coletiva. A coisa é assim. Procure um animador ou animadora que introduza o capítulo que vai ser ouvido. Previamente, convide à emissora um grupo de jovens (ou não tão jovens) para ouvi-lo e discutir depois a temática proposta. Também pode sair da rádio, ir a um colégio ou una associação comunitária, e transmitir o áudio-debate de lá, ao vivo ou gravado.

Apresente e motive a dramatização. Ouça em grupo. E depois vai fazendo perguntas, passando o microfone de um a outra, provocando o choque de opiniões, mantendo sempre um tom alegre e dinâmico. Você pode passar meia hora ou mais nestas entrevistas coletivas.

4) Transmissões ao vivo

Cobrir ao vivo os eventos religiosos, as procissões, as celebrações litúrgicas, pode funcionar muito bem. Mas como costumam ser lentas e aborrecidas, tem que pensar alguns recursos para tornar a transmissão atrativa. O primeiro de todos, “descrever” o que está acontecendo. Você é os olhos do ouvinte e tem que pintar com palavras o que está acontecendo na rua ou na igreja. Também pode ir entrevistando as pessoas que assistem a estes atos. Com preguntas audazes, até pícaras, pode ir aproximando-se das crenças populares. Não fique sério nem solene. Faça reportes soltos e desenvoltos.

5) Música moderna

Pode programar Bach e Beethoven. Mas não acho que seja o mais apreciado pelo grande público. Por sorte, hoje contamos, especialmente nas igrejas evangélicas, com uma variadíssima produção de música religiosa com ritmos modernos e cantores juvenis. Desde do rock até o funk, passando por sertanejo e axé, tem todo tipo de música para ambientar a programação desta semana. Não durma no ponto e baixe-as da internet.

É claro, não vai passar toda a semana somente com programação religiosa. Mas experimenta estes formatos que propomos e obterá bons resultados. Até a próxima, colegas!

DICAS PARA PROGRAMAS RELIGIOSOS

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Conoce cómo se procesan los datos de tus comentarios.