ESSAS LUZINHAS NÃO SÃO DE ENFEITE

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Os vumeters são os encarregados de medir o nível de som de um sinal de áudio.

Certamente você está cansado de vê-los em teu console. Movem-se impacientemente de cima para baixo. Luzinhas ou ponteiros que não param de dançar.

São os vumetros ou vumeters, instrumentos encarregados de medir o nível de som de um sinal de áudio.

Muitos técnicos, e também muitas técnicas, pensam que essas luzinhas são de enfeite, como as luzes em uma árvore de natal. Mas não são!

Os vumeters são os encarregados de nos indicar se o sinal de áudio que entra ou sai do console está nos níveis adequados. Ultrapassar estes níveis provocará a temida saturação.

No geral, o sinal padrão de áudio é zero decibel (0 dB). Tanto nos medidores de um console como no software digital isto implica não chegar até as luzinhas vermelhas, quer dizer, ficar entre a faixa verde e amarela.

Superar o 0 dB implicará que o áudio que gravamos e que vai para o ar está saturado, quer dizer, que há mais volume que o permitido e o som se ouvirá como “estourado”.

Às vezes, na hora de gravar, por distração ou “relaxo”, não se dão conta dos vumetros. Não evitamos os “clips” (assim se diz quando o áudio supera o “pico” por cima de 0 dB). E não corrigimos o volume nem voltamos a gravar outra tomada sem saturar os volumes.

Logo, ao editar, aplicamos uma ferramenta do software chamada Normalizador e… zás!… como que por encanto pensamos que solucionamos os picos de áudio. Felizes e contentes presumimos que todo o nosso áudio está no mesmo volume.

Mas é aí que começam os problemas.

O Normalizador, dependendo de como o usemos, faz uma média do áudio e o iguala. Ou em outros casos, eleva todos os picos ao volume máximo que fixamos.

Mas se o áudio já foi gravado saturado, ainda que ao reproduzi-lo esteja por baixo de 0 dB e as luzinhas já não estejam vermelhas, continuará soando saturado.

Por isso… ligue todas as tuas luzinhas e não perca o vumeter de vista!

ESSAS LUZINHAS NÃO SÃO DE ENFEITE

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.