EULÁLIA, REMESSAS PARA A FAMÍLIA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Sou migrante e tenho que mandar dinheiro para minha família. Mas estou muito cansada e quero ter algo para mim

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

EFEITO TELEFONE

MULHER Eulália, ligação para você. É de longa distância.

EFEITO PASSOS APRESSADOS

EULÁLIA Alô? Sim, mamãe. Sou eu. O que aconteceu com o meu irmão? Ficou novamente sem trabalho? Sim, mamãe. Não te preocupe, te mando dinheiro amanhã mesmo.

CONTROLE RÁFAGA MUSICAL

EULÁLIA Há anos vim para os Estados Unidos. Na minha terra deixei a minha mãe, um irmão menor e uma irmã meio doente. Melhor dito. Uma irmã com deficiência mental.

EFEITO CHORO MULHERES

EULÁLIA Tenho que ir, mamãe. Aqui na roça não há trabalho e não temos o suficiente para viver. Lá vou economizar e mandarei um dinheirinho.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EFEITO FÁBRICA

ENCARREGADO Eulália, quando você vai trazer o seu green card? Não posso mantê-la na fábrica. Você sabe que está proibido e se a migra aparece…

EULÁLIA Em breve, senhor. Estão me ajudando a consegui-lo.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA (PENSANDO) Consegui-lo por baixo dos panos. Assim é como muitos migrantes podem trabalhar aqui. Se não tem o papel, te pagam a metade do que se ganha normalmente. Mas o que fazer… não tem jeito!

CONTROLE MÚSICA LATINOAMERICANA

EULÁLIA O dia que trouxeram o meu green card foi uma festa para mim.

HOMEM Caladinha, Eulália. Não mostre mais que o estritamente necessário.

EULÁLIA Não se preocupe, seu Manuel.

CONTROLE RÁFAGA MUSICAL

EULÁLIA Trabalhar em uma fábrica de roupa é a primeira coisa que podemos fazer, aqui não nos pedem papeis nem que falemos inglês. Mas nos exploram, isso é verdade.

HOMEM Você já sabe. Com o risco que eu corro, não posso pagar-lhe um salário completo.

EULÁLIA Não se preocupe. Está bem. (PENSANDO) O que mais eu posso fazer? Se você não tem documentos e não sabe inglês, praticamente não existe.

CONTROLE MÚSICA DRAMÁTICA

EULÁLIA Apesar de trabalhar duro, cada vez o dinheiro era mais curto. Eu vivia muito modestamente para poder manter a minha família…

ROSA Eulália, não seja tonta. Não mande tudo o que ganha. Sabe? Contaram-me que teu irmão não quer trabalhar.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Deve ser uma piada. As pessoas da minha terra gostam de falar mal. Ligarei para minha mãe.

EFEITO TELEFONE

EULÁLIA Sim, mamãe. É verdade o que dizem do meu irmão? Que não quer trabalhar?

MÃE É mentira, filha. O problema é que o pobre não consegue trabalho.

EULÁLIA Mas já faz anos que ele está na mesma, mãe.

MÃE Ai, filha. A vida é difícil por aqui. Temos que pagar o hospital para sua irmãzinha e teu irmãozinho está sem emprego. Eu também estou um pouco mal (SOLUÇOS)

EULÁLIA Ta, mãezinha. Não chore…não te preocupe… te amo.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Minha mãe repete o que o meu irmão diz. Dá sua vida por esse preguiçoso, como é seu único filho homem, diz ela. E eu aqui, sozinha, sem família, trabalhando sem descanso.

CONTROLE MÚSICA EQUATORIANA

ROSA Eulália, amanhã há um festival de comida latina, vamos?

EULÁLIA Mas…

ROSA Nenhum mas. Vamos divertir-nos um pouco. E recordar nossa terrinha.

CONTROLE MÚSICA EQUATORIANA

EFEITO BURBURINHO, FEIRA

EULÁLIA A feira estava ótima, comemos, bebemos e dançamos. Fiquei com saudade, mas também rebeldia por ter que medir cada centavo para enviar para minha casa. Eu já estava há alguns anos neste país e não tinha nada. Dizem que nós mulheres somos assim quando migramos, sacrificadas.

ROSA Eulália, por que não aluga um quarto independente? Por que não estuda algo que você goste? Por quê? (ECO)

CONTROLE MÚSICA TENSA

EULÁLIA Uns dias depois da feira, recebi uma ligação. Era minha mãe…

EFEITO TELEFONE

EULÁLIA Mãezinha? O quê? Meu irmão quer montar um negócio? Outro? Mas, mamãe… Sim, já sei. É uma oportunidade…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA A ligação da minha mãe me deixou mais triste ainda. Meu irmão a manipula, chora e ela faz o que ele diz. Eu estou cansada desta situação, não posso economizar nada e minha família também não toma jeito.

ROSA (REVER) O morto se faz pesado quando há quem o carregue, Eulália.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA É verdade… mas também é verdade que é “meu” morto. É uma obrigação que eu mesma me impus quando saí do meu país. Será que minha amiga Rosa tem razão? Até quando terei que continuar me sacrificando? Deixo de lhes mandar dinheiro? E minha mãe e minha irmã? Não sei o que fazer. E você, o que faria no meu lugar?

CONTROLE MÚSICA SUSPENSE

*PRIMEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Primeira solução…

EULÁLIA Mãezinha? O quê? Meu irmão quer montar um negócio? Outro? Mas, mamãe… Sim, já sei. É uma oportunidade…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Nos anos que estou fora, meu irmão já montou três negócios. E fracassou em todos. Acontece que ele não trabalha, dedica-se às mulheres e gasta todo o dinheiro em divertir-se. Claro, quem paga sou eu.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EULÁLIA Nesse dia me senti tão mal que não pude trabalhar normalmente. Tinha dor de cabeça e tive que pedir uma folga. Folga que me custava o dia de trabalho. Tomei o trem e fui para casa…

EFEITO PORTA SE ABRE

MULHER O que faz aqui a esta hora?

MULHER 2 Venha, tome um chá com a gente. E te colocamos em dia, sabe que a Lúcia se meteu com um gringo?

EULÁLIA Por favor, amigas. Estou com dor de cabeça e quero descansar. Outro dia conversamos.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EULÁLIA Dividindo uma casa, não há espaço para a tranquilidade, mas ao menos, tenho um teto e uma cama quente. Elas continuaram falando e eu tinha tanto cansaço, que cai no sono.

CONTROLE MÚSICA SUAVE

EFEITO CAMPO, RISOS DE MENINAS

MÃE Eulália, Pedrinho, Sônia… venham tomar leite. Acabou de ser ordenhado, está fresquinho…

EFEITO CAMPO, RISOS DE MENINAS

EULÁLIA Acordei com muita saudade. Em meus sonhos voltei a minha infância, aos tempos felizes quando não havia fome nem migração. Vi minha mãe e meus irmãozinhos tão claramente, que poderia dizer que estiveram comigo, em meu quarto.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EULÁLIA Quando cheguei na fábrica, encontrei Rosa muito preocupada.

ROSA O que foi, Eulália? Você está bem?

EULÁLIA Sim, Rosa. Estou bem, muito melhor que minha mãe e meus irmãos.

ROSA Não entendo.

EULÁLIA Não importa. Rosa, na saída do trabalho, me acompanharia ao centro da cidade?

ROSA Claro, para quê?

EULÁLIA Meu irmão montará um negócio no povoado. Minha mãe diz que é uma grande oportunidade.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

*SEGUNDA SOLUÇÃO*

EULÁLIA Mãezinha? O quê? Meu irmão quer montar um negócio? Outro? Mas, mamãe… Sim, já sei. É uma oportunidade…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA A ligação da minha mãe me deixou inquieta o dia inteiro. Meu irmão não liga para mim, ele não é capaz de me pedir. Usa a velhinha. Que raiva!

EFEITO MÁQUINA DE COSTURA, FÁBRICA.

ROSA O que foi, Eulália? Está pálida.

EULÁLIA Na hora do almoço te conto.

CONTROLE MÚSICA TENSA

EFEITO REFEITÓRIO, BURBURINHO MULHERES

EULÁLIA Contei para Rosa e outras colegas. Nesta situação de migrantes, é importante ter quem nos ouça para nos sentirmos menos sozinhas. Mas elas também tinham suas histórias.

MOÇA Eu mando tudo o que ganho. E minha família já tem sua casinha.

MOÇA 2 Quem me dera. Eu mando para meus filhos, mas já me contaram que os pobres quase nem comem. Terei que voltar para vê-los.

MOÇA 3 E você, Eulália? O que seus familiares conseguiram?

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Eu não sabia como responder a essa pergunta. Anos e anos trabalhando e enviando dinheiro para minha casa e ainda por cima, meu irmão pedindo para outro negócio. Até quando?

CONTROLE MÚSICA TENSA

EULÁLIA Terminei o dia tão cansada e desesperada, que não quis voltar para o meu quarto. (PAUSA) Rosa… Rosa…

ROSA O quê? Você está com uma cara…

EULÁLIA Vamos ao cinema? E depois comer algo, lá onde o conterrâneo…

ROSA Eulália! Vai gastar em cinema e jantar?

EULÁLIA Tenho que me dar um presente, amiga.

ROSA Me alegra. Você já devia ter feito isso faz tempo.

EULÁLIA Nunca é tarde, Rosa. E hoje começa uma nova vida para minha.

ROSA E tua família? Você sempre diz que…

EULÁLIA Que eu devo a eles. Sim, mas já me cansei. É hora do meu irmão assumir sua responsabilidade. Não mandarei mais dinheiro, ele tem que trabalhar.

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

*TERCEIRA SOLUÇÃO*

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Terceira solução…

EULÁLIA Mãezinha? O quê? Meu irmão quer montar um negócio? Outro? Mas, mamãe… Sim, já sei. É uma oportunidade…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Cada vez que minha mãe me liga, me deprimo. A chacrinha está abandonada e já me contaram que meu irmão vendeu todos os animaizinhos.

EFEITO FÁBRICA

ROSA Eu digo e repito. Teu irmão está aproveitando-se de você. Dê uma lição nele. Se lhe tirar a remessa, ou trabalha ou morre de fome.

ROSA E minha mãe e minha irmã?

EULÁLIA Alguma solução haverá, Eulália. Por agora, tranquila, porque se perder teu trabalho, não haverá para ninguém.

CONTROLE MÚSICA LATINOAMERICANA

EFEITO FÁBRICA COSTURA

EULÁLIA Pensei, pensei e pensei. O que fazer? Fui falar com uma organização de ajuda aos migrantes.

EFEITO BURBURINHO GENTE

EULÁLIA Estou ilegal. Meu green card eu tirei “por fora” e não posso conseguir outro emprego melhor. Mas meu maior problema é meu irmão… (se perde)

CONTROLE MÚSICA TRISTE

EULÁLIA No final, ela me recomendou que planificasse meus gastos sem esquecer-me de mim mesma. A organização me ajudaria, mas teria que investir um dinheirinho… que não tinha.

CONTROLE MÚSICA TENSA

EULÁLIA Naquela noite não dormi. Rosa e eu começamos a fazer cálculos e não dava para o advogado, para os novos papéis.

ROSA Você não tem escolha, Eulália.

EULÁLIA O quê?

ROSA É preciso cortar pela raiz.

CONTROLE GOLPE MUSICAL

EULÁLIA Somei, subtrai, multipliquei. Mas tive que aplicar a divisão para separar meu coração entre meu dever de filha, irmã e eu mesma. Até que decidi.

CONTROLE MÚSICA LATINOAMERICANA

EULÁLIA Rosa, me acompanha ao centro?

ROSA Para mandar dinheiro! Você não aprende, não é mesmo?

EULÁLIA Estou aprendendo, Rosa. Escute, pagarei diretamente o hospital da minha irmã. Minha tia Joana receberá um dinheirinho para minha mãe e ela levará a comida e o que necessite.

ROSA E teu irmão?

EULÁLIA Você não disse que o morto se faz pesado quando há quem o carregue?

CONTROLE CARACTERÍSTICA DA SÉRIE

LOCUTORA Cem mulheres em conflito. Uma produção SERPAL. Escrita e dirigida por Tachi Arriola Iglesias. Edição e montagem, Carlos Romero.

p=. **********************************

p=. GUIA PARA O DEBATE*

_Sou migrante e tenho que mandar dinheiro para minha família. Mas estou muito cansada e quero ter algo para mim. Meu irmão não quer trabalhar e chantageia a minha mãe para que me peça dinheiro. Não sei o que fazer.
_Primeira solução: Eulália continua mandando dinheiro para sua família._
* _Segunda solução: Eulália deixa de mandar dinheiro.

* _Terceira solução: Eulália reduz sua remessa e tira a ajuda a seu irmão._

p=. **********************************

*Mulheres migrantes*

Existem 200 milhões de migrantes no mundo, a metade são mulheres. A maioria delas emigram para conseguir o bem-estar de suas famílias e comprometem a maior parte de sua renda para as remessas a seus familiares.

No caso da América Latina, 54% da imigração é feminina. Estas mulheres se separam de seus maridos, de seus filhos e de seu entorno, fugindo da pobreza e com a esperança de poder ajudar a seus filhos e filhas a sair dessa situação. Em muitas ocasiones, e com grandes esforços, o conseguem. No entanto, o preço é, às vezes, demasiado alto: solidão, desenraizamento, sentimento de culpa, ruptura de casamentos ou medo der não cumprir as expectativas nos familiares que ficam.

60 % do dinheiro transferido por trabalhadores estrangeiros na Espanha a seus países de origem foi enviado por mulheres imigrantes, segundo o Instituto Espanhol da Mulher (2006)

*Quem são as mulheres imigrantes?

São mulheres casadas ou solteiras, divorciadas ou viúvas, mães ou filhas, jovens ou adultas. Calcula-se que são a metade dos imigrantes internacionais, não há estatísticas da migração interna ou de outros países pobres, onde encontram mais semelhanças com sua cultura, idioma o clima.

Nos Estados Unidos, 59% das mulheres imigrantes latino-americanas são residentes legais e 37% não têm documentos. Mais da metade são de origem latina.

*Dificuldades*

isolamento linguístico, não conhecem o idioma do país de acolhida.
* Não conhecem seus direitos nem as leis do novo país.
* Têm menor qualificação para trabalhos bem remunerados ou não são reconhecidos sua graduação acadêmica.
* Sofrem assédio sexual tanto de coiotes como de empregadores.
* Como são ilegais não podem trabalhar normalmente. Ou são perseguidas pelas autoridades, muitas vezes deportadas.
* Sofrem discriminação racial.
* Estilo de vida diferente.
* Problemas emocionais e afetivos.
* Estão sós, longe de sua família e suas amizades. Não contam com redes sociais que as apóiem.

bq. “As mães como eu, somos as mães dinheiro. Temos o que viemos buscar” – Mulher imigrante.

*Para completar…*

* Estatísticas sobre mulheres imigrantes em teu país e localidade
* Dinheiro proveniente das remessas do exterior em teu país
* Lei sobre imigração em teu país
* Situações semelhantes a de Eulália
* Lugares de orientação e programas de atenção a mulheres migrantes (endereço e telefone em teu país)

*Como usar este programa?

1. Apresentar o tema.
2. Passar a dramatização do conflito (sem os finais possíveis).
3. Provocar um primeiro diálogo com a audiência (o que acontecerá com a protagonista? O que você faria em um caso semelhante? cmo terminará este conflito?).
4. Passar os três finais possíveis, um a um, com comentários intercalados. Qual é a melhor solução?
5. Abrir o debate (telefônico e/ou presencial). Nesta ficha tem dados para comentar o tema.
6. Você também pode convidar para comentar o programa e responder as perguntas da audiência.
7. Para terminar, seria conveniente ouvir programa completo com a solução más votada pela audiência.

BIBLIOGRAFÍA
Ana Silvia Monzón, Las viajeras invisibles(enlace)* Video de articulación feminista,(enlace) MARCOSUR
* OIM,(enlace) Organización Internacional para las Migraciones
* International Organization for Migration(enlace)

EULÁLIA, REMESSAS PARA A FAMÍLIA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.