INVASÃO APÓS INVASÃO (2)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Continua a truculenta história das intervenções militares dos Estados Unidos na América Latina e Caribe.

LOCUTOR O número de intervenções militares dos Estados Unidos contra outros países não foi superado por império algum na história da humanidade.

LOCUTORA Continuamos revisando essa história ano após ano, invasão após
invasão.

CONTROLE HINO NORTEAMERICANO

LOCUTOR Começando o século 20, as intervenções militares norte-americanas, especialmente na América Central e Caribe, se sucedem numa velocidade vertiginosa.

LOCUTORA 1901. Os mariners desembarcam na Nicarágua.

LOCUTOR 1903. Invasão do Panamá para assegurar a zona do Canal.

LOCUTORA 1905. Os mariners desembarcam na República Dominicana e controlam as aduanas do país.

LOCUTOR 1906. Os mariners desembarcam em Cuba.

LOCUTORA 1907. Os mariners desembarcam em seis portos de Honduras.

LOCUTOR 1908. Os mariners entreveem na contenda eleitoral do Panamá.

LOCUTORA 1910. Os mariners desembarcam em Bluefields e Corinto, costa oriental da Nicarágua.

LOCUTOR 1911. Os mariners invadem novamente Honduras.

LOCUTORA 1912. Os mariners voltam a intervir nas eleições do
Panamá.

CONTROLESICA DRAMÁTICA

LOCUTOR Naquele mesmo ano, os mariners invadem Nicarágua e organizam o assassinato do patriota Benjamín Zeledón. E aí permanecem por 21 anos.

LOCUTORA 1913. A embaixada norte-americana participa na derrubada e assassinato do presidente mexicano Francisco Madero.

LOCUTOR Meses depois, os mariners desembarcam no porto de Tampico e levam os 8 milhões de dólares que se encontravam nos cofres da aduana.

LOCUTORA 1914. Os mariners invadem a República Dominicana.

LOCUTOR Naquele mesmo ano, invadem também o Haiti. As tropas invasoras permanecem durante 19 anos.

LOCUTORA Ao sair, deixam instaurada a tirania da família Duvallier que durará mais 50 anos.

LOCUTOR 1916. Os Estados Unidos invadem mais uma vez a República Dominicana.

LOCUTORA A ocupação dura 8 anos. Ao partir, deixam como capataz de seus interesses o sanguinário Rafael Leonidas Trujillo, que se mantém no governo durante 31 anos.

DOMINICANO Eu, o Generalíssimo. O chefe. O Cabra.

LOCUTORA 1917. As tropas dos Estados Unidos ocupam militarmente Cuba Reduzindo-a a protetorado econômico até 1933.

LOCUTOR 1918. Os mariners invadem o Panamá e ocupam um par de anos.

LOCUTORA 1919. Os mariners desembarcam em Honduras durante a campanha eleitoral.

LOCUTOR 1920. Tropas dos Estados Unidos invadem a Guatemala.

LOCUTORA 1921. Os mariners invadem El Salvador.

LOCUTOR 1924. Os mariners invadem Honduras.

LOCUTORA 1925. Os mariners esmagam uma greve general no Panamá.

LOCUTOR 1926. Os mariners desembarcam na Nicarágua.

LOCUTORA 1932. Os Estados Unidos enviam barcos de guerra durante a revolta de Farabundo Martí em El Salvador.

LOCUTOR 1934. Augusto César Sandino passa anos lutando contra os mariners invasores. Mas cai em uma emboscada.

LOCUTORA Após sua morte, os gringos deixam na Nicarágua, como guardião de suas empresas, o ditador Anastasio Somoza, assassino e ladrão.

LOCUTOR Conta-se que o presidente estado-unidense Franklin Roosevelt disse dele:

GRINGO Eu sei que Somoza é um filho da puta… mas é nosso filho da puta.

LOCUTORA A sanguinária dinastia dos Somoza durará até 1979.

CONTROLESICA DRAMÁTICA

LOCUTOR Esta truculenta história das intervenções militares dos Estados Unidos na América Latina e Caribe…

LOCUTORA … continuará.

INVASÃO APÓS INVASÃO (2)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.