INVASÃO APÓS INVASÃO (4)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Siga e acompanhe. Mais um capítulo das intervenções militares dos Estados Unidos na América Latina e Caribe.

LOCUTOR O número de intervenções militares dos Estados Unidos contra outros países não foi superado por império algum na história da humanidade.

LOCUTORA Continuamos revisando essa história ano após ano, invasão após invasão.

EFEITO VOZ REAGAN

LOCUTOR Os anos 80, sob a presidência de Ronald Reagan, foram os piores para América Latina.

LOCUTORA 1981. A CIA organiza o atentado contra o presidente nacionalista equatoriano Jaime Roldós que morre em um misterioso acidente de aviação.

EFEITO FRAGMENTO JAIME ROLDÓS

LOCUTOR Dois meses depois, a CIA provoca outro acidente aéreo que custa a vida do general Omar Torrijos. O Movimento Nacional no Panamá fica assim sem liderança.

LOCUTORA Durante a década dos 80, os Estados Unidos organiza a chamada “guerra de baixa intensidade” contra Nicarágua, valendo-se de guardas de Somoza, para derrotar a Revolução Sandinista.

LOCUTOR Mais de 150 mil vítimas, entre mortos, incapacitados, viúvas e órfãos.

EFEITO FRAGMENTO ERNESTO CARDENAL

LOCUTORA Durante essa mesma década dos 80, os Estados Unidos assessora e financia o exército salvadorenho em sua luta contra a Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional. 75 mil mortos, em sua maioria civis.

LOCUTOR Durante a mesma década, os Estados Unidos financia o exército da Guatemala em sua política de terra arrasada contra os guerrilheiros e as aldeias indígenas. 200 mil mortos.

EFETO FRAGMENTO RIGOBERTA

LOCUTORA 1983. Os mariners invadem a pequena ilha de Granada e destituem seu presidente Maurice Bishop.

LOCUTOR 1989. Os Estados Unidos invadem o Panamá e prendem o general Manuel Antonio Noriega, antigo empregado da CIA. Nos bairros populares, bombardeados pela aviação gringa, restam milhares de cadáveres.

LOCUTORA 1991. O presidente Jean Bertrand Aristide é derrubado por um golpe organizado por militares haitianos em colaboração com a embaixada norte-americana.

LOCUTOR 2002. A CIA planifica o golpe de estado contra o presidente da Venezuela Hugo Chávez.

CHÁVEZ FRAGMENTO

LCOUTORA 2009. Os Estados Unidos é cúmplice direto do golpe de estado contra o presidente hondurenho Juan Manuel Zelaya.

LOCUTOR 2009. Os Estados Unidos utiliza 7 bases colombianas para o controle militar da região.

LOCUTORA 2009. Os Estados Unidos tenta instalar bases militares no Panamá, no Peru, no…

LOCUTOR 2010… 2011… 2012…2014

LOCUTORA Foram proféticas as palavras de Simón Bolívar:

BOLIVAR Os Estados Unidos parecem destinados pela providência a Infestar de fome e miséria toda a América em nome da liberdade.

LOCUTOR Esta é a truculenta história dos Estados Unidos só na América Latina e Caribe.

LOCUTORA Se contamos as intervenções militares norte-americanas em outros países…

LOCUTOR E LOCUTORA  China, Coréia, Havaí, Filipinas, Rússia, Iugoslávia, Turquia, Iran, Grécia, Vietnã, Egito, Líbano, Iraque, Laos, Indonésia, Camboja, Omã, Angola, Líbia, Libéria, Arábia Saudita, Kuwait, Somália, Bósnia, Zaire, Albânia, Sudão, Afeganistão…

LOCUTOR A lista seria interminável.

LOCUTORA Che tinha razão:

CHE Não se pode confiar no imperialismo nem um tiquinho assim. Nada

BIBLIOGRAFÍA
Javier Peña, Las intervenciones norteamericanas en América Latina
http://www.vho.org/aaargh/espa/garaudy/intervenciones.html

INVASÃO APÓS INVASÃO (4)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.