O ELEFANTE ACORRENTADO

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Você acha que não pode fazer algumas coisas… porque alguma vez não pode.

NARRADOR Quando eu era criança adorava os circos. O que eu mais gostava era dos animais. Mas de todos os animais o que eu mais gostava era o elefante. Ver essa besta tão grande, com essa força tremenda, capaz de levantar um tronco com sua tromba…

EFEITO ELEFANTE

NARRADOR Algo me surpreendia. Depois do espetáculo, levavam o elefante para trás do circo e ali o deixavam acorrentado a uma pequena estaca de madeira cravada no chão. Sempre me perguntei:

MENINO Por que ele não escapa? Tem força de sobra para escapar… Por que não escapa?

NARRADOR Perguntei para minha mãe e para o meu pai e para os meus tios e para os meus professores sobre o elefante acorrentado.

MENINO Por que o elefante não escapa se é tão forte?

NARRADOR Alguns deles, já não lembro quem, me disse:

HOMEM Não escapa porque está domesticado.

NARRADOR E então, eu perguntei:

MENINO E se está domesticado, por que o amarram na estaca?

NARRADOR Ninguém me respondeu. Vivi muitos anos com este mistério do elefante até que um dia alguém muito sábio me deu a resposta:

ANCIÃO O elefante do circo não escapa porque nasceu em cativeiro. Esteve atado a essa estaca desde que era muito, muito pequeno.

NARRADOR Fechei os olhos e imaginei o elefantinho recém-nascido acorrentado à estaca e tentando soltar-se. Não podia. Imaginei que dormia esgotado e no dia seguinte voltava a tentar. E fracassava. E no outro dia e no outro… Até que um dia, o animal aceitou sua impotência e se resignou a seu destino.

EFEITO ELEFANTE

CONTROLE MÚSICA TRISTE

LOCUTORA Todos somos um pouco como o elefante do circo: vamos pela vida acorrentados a muitas estacas que nos tiram a liberdade.

NARRADOR Às vezes, à noite, sonho que chego até o elefante com uma escada, levanto uma de suas orelhas e lhe digo: Você é como eu, acha que não pode fazer algumas coisas porque alguma vez não pôde. Mas agora você é grande e forte. Por que não tenta?

LOCUTORA Vivemos pensando que “não podemos” fazer uma porção de coisas, simplesmente porque uma vez, faz tempo, tentamos e não conseguimos.

NARRADOR Algumas vezes também acordo pensando que o elefante finalmente se soutou da estaca e se libertou. Então, sorrio porque penso que o elefante continua no circo porque gosta de divertir as crianças. Mas já não está acorrentado.

LOCUTORA Adaptação do conto do argentino Jorge Bucay.

O ELEFANTE ACORRENTADO

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.