SAI DO MURO, OBAMA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Honduras é o teste sobre a sinceridade ou a hipocrisia do governo dos Estados Unidos.

CONTROLE BARULHO DE FEIRA

ANIMADOR Adivinha, adivinhador: você sabe por que não há golpes de estado nos Estados Unidos?

SENHORA É… É… não sei…

ANIMADOR Muito simples. Porque nos Estados Unidos… não há embaixadas dos Estados Unidos!

EFEITO RISOS

LOCUTORA O que parece uma piada, não é.

LOCUTOR Nas embaixadas norte-americanas se planejaram e financiaram inumeráveis golpes de estado contra os governos legítimos da América Latina.

LOCUTORA Na embaixada gringa de Havana, em 1952, foi planejado o golpe de estado que pôs no poder o ditador Fulgencio Batista.

LOCUTOR Na embaixada gringa de Guatemala, em 1954, se decidiu o golpe de estado contra o presidente Jacobo Arbenz.

LOCUTORA Na embaixada gringa de Santo Domingo, em 1965, foi preparada a invasão e o golpe de estado contra o presidente Juan Bosh.

EFEITO VOZ ALLENDE

LOCUTOR Na embaixada gringa de Santiago do Chile, em 1973, foi forjado o golpe militar contra o presidente Salvador Allende que colocou no poder o sanguinário Augusto Pinochet.

LOCUTORA Na embaixada gringa de Buenos Aires…

LOCUTOR Na de Porto Príncipe…

LOCUTORA Na de Assunção…

LOCUTOR Na de La Paz…

LOCUTORA Na de Brasília…

LOCUTOR Na do Panamá…

LOCUTORA A lista é tão longa que abarca a quase todos os países da região.

LOCUTOR O último golpe de estado foi planificado na embaixada gringa de Caracas, em 2002, para derrubar o presidente Hugo Chávez.

MULHER Um momento, um momento… o último ou o penúltimo?

LOCUTOR A que a senhora se refere?

MULHER Porque o recente golpe de estado em Honduras… não cheira também a embaixada gringa?

LOCUTORA Estados Unidos tem boa experiência promovendo golpes militares em Honduras.

LOCUTOR A embaixada gringa de Tegucigalpa promoveu o golpe de estado de 1956 contra Lozano Díaz, o de 1963 contra Ramón Villeda, o de 1972 contra Ramón Ernesto Cruz, o de 1978 contra Juan Alberto Melgar…

CONTROLE GOLPE MUSICAL

LOCUTORA Esteve a embaixada norte-americana e a CIA por trás do golpe que derrubou o presidente hondurenho Manuel Zelaya?

LOCUTOR Sim ou não? Cara ou coroa?

LOCUTORA Nunca antes um golpe de estado teve tanto repúdio internacional.

LOCUTOR As condenações se sucederam: os 192 países das Nações Unidas, os 34 países da OEA, a União Européia, Unasul, Mercosul, ALBA, SICA, o Grupo do Rio, os Poderes Legislativos da América Latina e do Caribe… todas as nações condenaram o golpe militar.

LOCUTORA Sim ou não? Cara ou coroa?

LOCUTOR O presidente Barack Obama tem a palavra.

LOCUTORA Dependendo do que Obama fizer nestes dias, saberemos se a embaixada gringa, mais uma vez, esteve por trás deste golpe.

HOMEM Mas, o que Obama pode fazer?

LOCUTORA Muito, muitíssimo.

LOCUTOR Retirar seu embaixador, o suspeito Hugo Llorens.

LOCUTORA Retirar os vistos dos funcionários golpistas.

LOCUTOR Congelar as contas nos bancos norte-americanos.

LOCUTORA Suspender todo apoio econômico, diplomático e militar ao governo de fato.

LOCUTOR Se o governo dos Estados Unidos faz isso, o golpista Micheletti teria as horas contadas.

LOCUTORA Se não o faz, continua perdendo tempo com negociações inúteis na Costa Rica, então saberemos que, mais uma vez, os Estados Unidos é cúmplice e responsável do golpe de estado contra o presidente Manuel Zelaya.

LOCUTOR Honduras é o teste sobre a sinceridade ou a hipocrisia do presidente Barack Obama.

LOCUTOR Tome uma atitude, Obama, sai do muro!

BIBLIOGRAFÍA
Golpe Militar en Honduras: ¿Es también Contra Obama?
http://alainet.org/active/

Eva Golinger , Washington y el golpe de Estado en Honduras: aquí están las pruebas

SAI DO MURO, OBAMA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.