VERDE QUE TE QUERO VERDE

Este radioclip no tiene audio.

O programa ecológico se irá convertendo assim em uma tribuna pela saúde e a vida das pessoas.

O de “meio ambiente”… será porque já temos destruído a metade?

Em todo caso, uma rádio cidadã brindará uma especial atenção à situação ecológica de sua localidade, do país e do mundo. Porque o planeta é a casa comum. Uma casa que compartimos com os animais e as plantas.

Na programação regular, podemos abrir uma seção ecológica dentro de uma radiorevista. Ou realizar um programa específico. Pode ser diário. Ou interdiário. Ou semanal. Pode durar uma hora, ou meia hora ou talvez quinze minutos. Qualquer fórmula será melhor que esquecermos do meio ambiente.

Que fazer neste espaço ambientalista? Dois entusiastas condutores, verde ela e verde ele, o levarão adiante. Cada programa pode ter um tema central desenvolvido através de um sociodrama ou de um radioclip. Entrevistas de rua, pesquisas, muita participação. Também muitos concursos relacionados com aspectos ecológicos: Quem traz a coleção mais variada de folhas à rádio? Que animal faz este ruído? Quem tem o jardim mais bem arrumado no bairro? O concurso inclui excursões para ir visitá-lo.

Também podes abrir uma sessão de jardinagem. Ensina a fazer o compost. Promove o intercambio de plantas entre a audiência. Brinda conselhos para uma fumigação ecológica e controle biológico das pragas. E critica frontalmente ao Gramoxone ou Paraquat e outros perversos agrotóxicos.

O programa verde pode contar com telefones verdes. De que se trata? De que o ouvinte chame para denunciar irregularidades ambientais da municipalidade, para dar o número de praca de um caminhão contaminante, para sugerir a urgente reparação de uma ponte que põe em perigo a quem a atravessa, para advertir o perigo dos resíduos minerais.

O programa ecológico se irá convertendo assim em uma tribuna pela saúde e a vida das pessoas. E a emissora irá se posicionando como uma rádio que defende o meio ambiente… antes de que destruam a outra metade.

VERDE QUE TE QUERO VERDE

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Conoce cómo se procesan los datos de tus comentarios.