ÁRVORES SEM RAÍZES

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Exilados economicamente. Refugiadas do desemprego. Desalojados de sua cultura.

CONTROLE “SÓLO LE PIDO A DIOS” DE GIECO  Eu só peço a Deus que o futuro não me seja indiferente. Desalojado está quem tem que ir viver uma cultura diferente.

LOCUTOR Já é o sexto país mais povoado da Terra com 175 milhões de habitantes. E sua população continua aumentado.

LOCUTORA É o país com o maior crescimento demográfico do mundo.

LOCUTOR Em 1965, eram 80 milhões.

LOCUTORA Em pouco mais de uma geração, esta cifra duplicou.

LOCUTOR Agora o censo projeta a preocupante cifra de 175 milhões.

LOCUTORA E LOCUTOR Não é um país com bandeira nem geografia. Não está no mapa nem tem fronteiras. É o país dos migrantes. O país das migrantes. Uma nação de desterrados dispersa pelo mundo.

CONTROLE TESTEMUNHO MIGRANTE

LOCUTOR E LOCUTORA São exilados economicamente. Refugiadas do desemprego. Despejados de sua cultura. Costas molhadas. Olhos molhados também, deixando para trás os filhos, a família, o idioma, a comida, a maneira de ser, de rir e de viver.

LOCUTOR 175 milhões de seres humanos. A metade, mulheres. A metade da metade, meninos e meninas.

LOCUTORA Segundo os dados da Organização Internacional de Migrações, nessa cifra se contam somente os “legais”. O número de “ilegais” é impossível de calcular.

LOCUTOR Quantos milhões mais terão que se somar na pátria dos sem pátria?

CONTROL CORTINA TRISTE

LOCUTORA E LOCUTOR América Latina tem se especializando em exportar gente, mão de obra barata. Milhões e milhões se vão do México e da America Central. Se vão do Equador, da Colômbia, do Peru, do Haiti, da República Dominicana…

LOCUTOR Se vão em lanchas clandestinas. Cruzam a fronteira em caminhões de gado, em caixa de mercadoria, a pé.

LOCUTORA Se vão em aviões, em barcos, em qualquer transporte autorizado ou proibido. Se vão sem querer ir.

LOCUTOR Ganham muito menos que os nacionais dos países aonde chegam. E apesar disto, ou precisamente por isto, os olham com ódio, porque lhes tiram os postos de trabalho, porque são diferentes.

LOCUTORA Ganham mais que em seus países de origem, onde não ganhavam nada. E mandam remessas de dinheiro a suas famílias distantes.

LOCUTOR Para México, estas remessas constituem a segunda fonte de recursos, depois do petróleo.

LOCUTORA Na America Central, as remessas de migrantes representam a primeira fonte de recursos nacional. Países convertidos em esmoleiros dos compatriotas emigrados.

LOCUTOR Ganham menos, ganham mais, mas sempre perdem. Porque estão distante dos seus.

LOCUTORA José Saramago lembra de seu avô lavrador abraçando as árvores de seu pomar, se despedindo delas, uma por uma, como filhos e filhas.

LOCUTOR No país dos migrantes não há árvores. Nem sequer raízes. Somente a saudade.

CONTROLE REPETE ESTROFE DE LEÓN GIECO.

ÁRVORES SEM RAÍZES

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.