KILLARICOCHA, A MALDIÇÃO DA ABUNDÂNCIA 6

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Sexto capítulo de uma radionovela bem polêmica.

Capítulo anterior

Capítulo 6-Uma consulta popular e vinculante

CONTROLE MÚSICA CAMPONESA ALEGRE

LOCUTOR Killaricocha.

LOCUTORA A maldição da abundância.

NARRADORA Gustavo Sartori, o relações públicas da mineradora, ficou sabendo da formação da Frente de Defensa. Perfumou-se, como sempre fazia, e se dirigiu à prefeitura.

GUSTAVO Tem que fazer algo, senhor prefeito. Essa senhora Lucy e seu comparsa o tal mestre Nicanor, estão levantando o povo contra a empresa.

PREFEITO Acabo de falar com ela para que deixe de atos subversivos.

GUSTAVO Isso mesmo. Subversão e terrorismo. O que fará o senhor, prefeito?

PREFEITO Bom, a primeira coisa é chamar a força pública. Eles precisam garantir a nossa tranquilidade, que não hajam focos de violência.

GUSTAVO Mas façamos algo mais. Por exemplo, uma estratégia para colocar por terra essa consulta r deixar sem chão a Frente de Defensa. O que o senhor acha se… (SE PERDE)

CONTROLE MÚSICA DE SUSPENSE

NARRADORA Passaram os dias e dona Lucy continuava percorrendo o povoado e as comunidades vizinhas. Falava com as pessoas, visitava as organizações, convidava a votar NÃO na consulta já próxima.

LUCY As empresas mineradoras mentem. Percebam, vizinhas. Abram seus olhos, vizinhos.

VIZINHO E abra também os seus, dona Lucy que a Green está fazendo uma tremenda campanha contra a consulta. Com esmola se compra o santo, como dizem.

CONTROLE MÚSICA ESPORTIVA

EFEITO JOVENS CONVERSAM ALEGRES

PREFEITO (DISCURSO) Agradecemos à Green Golden Mines por sua generosa colaboração. Esta quadra permitirá às crianças e aos jovens de Killaricocha praticar o esporte em espaços regulamentados.

EFEITO APLAUSOS

PREFEITO O próprio gerente da Green Golden Mines veio inaugurar esta obra. Muitíssimo obrigado, senhor gerente.

GERENTE Thank you. É um prazer para nós, como empresa com grande responsabilidade social, contribuir ao desenvolvimento de corpos sãos em mentes sãs. Declaro inaugurado este campo esportivo, oh yes.

EFEITO APLAUSOS

CONTROLE MÚSICA ROMÂNTICA

GUSTAVO Anita, estou falando sério. Fale com tua mãe. Se continuar empenhada nisso da consulta, a acusarão de atentar contra a ordem pública.

ANITA Não me assuste, Guto.

GUSTAVO Só te digo porque eu gosto muito de você.

ANITA Mas, o que eu posso fazer?

GUSTAVO Teu pai pode fazê-la mudar. Que a proíba de falar com esse mestre Nicanor que mete más ideias na cabeça dela.

ANITA Ai, Guto. Não sei, não sei.

CONTROLE MÚSICA TRISTE

NARRADORA Sem dar bola para Fermín nem para ninguém, Lucy se reunia com as organizações de mulheres. Pensava nelas como suas melhores aliadas.

LUCY Amigas, está em jogo o futuro de nossos filhos. Vocês têm que participar na consulta.

VIZINHA 1 Eu estou com você, dona Lucy. Eu vou votar NÃO.

VIZINHA 2 Pois eu… não sei… não ouviram dizer que a Green vai arrumar a escola?

LUCY Assim querem nos adoçar, dona Engracia. De que nos servem escolas pintadas e carteiras novas se vão nos tirar e destruir nossas terras?

VIZINHA 2 Não é assim, dona Lucy. Veja, meu marido já tem trabalho na mina. (MEIA VOZ) Igual a seu marido… (RI)

CONTROLE MÚSICA DE TRANSIÇÃO

JORNALISTA (FILTRO) Atenção, amigas e amigos da Rádio Êxitos. O prefeito tem uma surpresa para vocês… Senhor prefeito…

PREFEITO Obrigado, obrigado. Sim, amigos, a prefeitura quer celebrar em grande estilo o aniversário de Killaricocha. E para isso, neste domingo a partir do meio-dia os festejos serão animados pela orquestra Los Chéveres da Cumbia.

JORNALISTA (APLAUDE) Que boa notícia, senhor prefeito! Aí estaremos. Mas, diga-nos, como conseguiu essa orquestra tão famosa?

PREFEITO É um presente muito especial, senhorita jornalista, da Green Golden Mines.

CONTROLE CUMBIA

EFEITO RISADAS E BRINDES

ANITA Que boa a festa, Guto.

GUSTAVO Sim, Anita. E quando a empresa estiver operando, as coisas serão melhores. Já te falei de nossa responsabilidade social, não é?

ANITA Sim, sim, embora minha mãe diga que…

GUSTAVO Deixemos tua mãe e a empresa em paz, Anita. Agora minha “responsabilidade” é fazê-la feliz. (RISADAS DE AMBOS )

CONTROLE MÚSICA DE SUSPENSE

NARRADORA Os dias passavam rapidamente. Logo se cumpriria o prazo que a Frente de Defensa havia dado para fazer a consulta.

LUCY Mestre Nicanor, estou muito preocupada. Ouviu a rádio? A propaganda da mineradora está cada vez mais forte e nós sem dinheiro nem para pregar quatro cartazes. E se depois de tanto esforço perdemos a consulta? E se ganha o SIM?

NICANOR Não nos desanimemos, dona Lucy. O povo está do nosso lado, as mulheres da cooperativa, os companheiros leiteiros, o sindicato do mercado… Até o padre da parorquia nos apoia.

LUCY O senhor disse que viria gente de fora.

NICANOR Já tenho a confirmação de vários dirigentes do país, mas também de outros de países vizinhos.

LUCY Isso esta bem, mas…

NICANOR O que foi, dona Lucy? Anime essa cara de velório.

LUCY Tenho problemas em minha casa. O relações públicas da mineradora anda atrás da minha filha. E meu marido Fermín está tornando minha vida impossível.

NICANOR Nada é fácil quando se luta pelos direitos, dona Lucy. Eles comprenderão em seu momento.

LUCY Mas agora…

NICANOR Agora vamos meter mais entusiasmo na convocatória. Olha, os jovens do bairro As Flores fizeram estes cartazes: “ÁGUA SIM, OURO NÃO”. E até compuseram um hip hop! (CANTAROLA E RIEM)

LUCY Obrigada, mestre. O senhor me anima sempre. Então, no 27 a consulta. E vamos fazer uma só pergunta: Está de acordo com a exploração mineral na lagoa de Killaricocha? Sim ou não?

CONTROLE CORTINA MUSICAL

EFEITO BURBURINHO

NARRADORA E chegou 27, dia da consulta popular. A urna era uma vasilha de barro grande, adornada com fitas coloridas. A puseram no centro da praça. Cada votante recebia um papel em branco onde podia marcar um NÃO ou um SIM.

VIZINHO Por aqui, entrem na fila por aqui… não empurrem… tenham paciência…

NARRADORA Uma longuíssima fila de vizinhos e vizinhas, sob um sol abrasador, esperava sua vez para votar.

VIZINHA 2 Finalmente cheguei, dona Lucy… onde ponho meu papel?

LUCY Aqui, dona Engracia… Caramba, me alegra que haja vindo votar…

VIZINHA 2 (MEIA VOZ) E vou votar pelo NÃO… Você me convenceu…

NARRADORA A consulta durou toda a manhã e a participação foi massiva. Os convidados de outros países ficaram muito satisfeitos com a ordem e o entusiasmo demostrado pela população. Um deles, Marco, vindo de Cajamarca, foi delegado para dar os resultados.

MARCO Atenção… A comissão de contagem já tem os resultados definitivos. Nove mil 727 votos contra. Isto equivale a 64 por cento dos votos. Há 26 por cento a favor. E 14 por cento de votos nulos ou mal marcados. Isto é, a comunidade de Killaricocha… não quer nenhuma empresa mineradora neste povoado!

EFEITO APLAUSOS E ANIMAÇÃO

NICANOR Ganhamos, dona Lucy, ganhamos!

LUCY (TRISTE) Sim… mas… só com 64 por cento, mestre Nicanor?

NICANOR É um grande triunfo, dona Lucy, não seja tão ambiciosa.

VIZINHO (AGITADO) Mestre Nicanor, dona Lucy, ouçam a rádio…

JORNALISTA (FILTRO) Nesta manhã realizou-se a ilegal consulta popular convocada pela Frente de Defensa de Killaricocha. Os resultados evidenciam o fracasso desta chamada medida de luta: el 64 por cento votou a favor da empresa Green Golden Mines e apenas 26 por cento… (SE PERDE)

LUCY Que disse essa jornalista traiçoeira? Onde já se viu tamanha descaramento? Ela disse totalmente o contrário.

NICANOR Querem azedar a nossa festa. E confundir o povo.

VIZINHO Não vão conseguir, mestre. Olhem, está vindo muita gente para comemorar.

VOZES Killaricocha sim, mineradora não!

NICANOR Este é o princípio da luta. Temos um caminho longo a percorrer.

VOZES Consulta popular, palavra popular!

LOCUTOR Uma produção de Radialistas Apaixonadas e Apaixonados e da Fundação Rosa Luxemburg.

VEJA ESTE INFOGRÁFICO SOBRE OS 5 PERIGOS DA MINERAÇÃO EM GRANDE ESCA

Capítulo siguiente

KILLARICOCHA, A MALDIÇÃO DA ABUNDÂNCIA 6

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.