MITO 8 – A ESTRUTURA DE UM PROGRAMA

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Uma coleção de 10 mitos que matam a nossa querida rádio. O oitavo, sobre a estrutura de um programa. Verdade ou mentira?

Mais um mito da série Mitos que Matam a Rádio, de Tito Ballesteros. Nesta entrega desmitificamos a estrutura dos programas de rádio. Verdade ou mentira?

Este oitavo mito foi gravado em Medellín, Colômbia por RNTC-AL.

LOCUTOR A estrutura de um programa. Verdade ou mentira?

LOCUTOR A estrutura é a coluna vertebral de um programa e, como as equipes que estão ganhando, a estrutura que está ganhando jamais se mexe! Toda estrutura inicia com a abertura ou cabeçalho. Logo, entra o locutor e saúda, apresenta o tema, o desenvolve e na metade do programa passa uma canção. Depois, fala mais um pouquinho, vai ao comercial, retoma o tema, os convidados, passa as seções, e se despede de uma maneira diferente, criativa, que estimule a ouvir de novo. Ficará bem dizer: Bom amigos, o tempo na rádio é muito curto e já chegamos ao final! Os espero em um próximo programa!

LOCUTOR Compartilhe e aprenda.

LOCUTOR E se minha estrutura é mutável como os ciclos da rádio, não é mais estrutura? Se for flexível e um dia coloco uma quadra, um verso, uma piada e logo saúdo, fica ruim?

LOCUTOR E se mudo a saudação, quer dizer que mudo a estrutura?

LOCUTOR E se coloco mais de uma canção, erro na estrutura?

LOCUTOR E se vou aos comerciais em qualquer momento, quebro a estrutura?

LOCUTOR E se meu programa é desestruturado, não é um programa?

LOCUTOR Mitos que matam. A estrutura de um programa. Verdade ou mentira?

LOCUTOR O mito sobre as estruturas de um programa de rádio é falso. Falso.

ÁUDIO
Uma produção de RNTC AL realizada nos estúdios EFEX de Medellín Colômbia, com a participação de David Espinal, Juliana Londoño e Alberto Sierra Mejía.

MITO 8 – A ESTRUTURA DE UM PROGRAMA

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.