SONHOS MOLHADOS

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

O que acontece com Rafinha é conhecido como “polução noturna”.

LOCUTOR A seguir, nosso habitual espaço “O consultório sexual da doutora Mirales”.

CONTROLE CARACTERÍSTICA CONSULTORIO

DOUTORA Amigas e amigos, uma vez mais com vocês para conversar sobre o que não nos deixaram conversar quando éramos jovens, sobre o sexo. Porque muitos problemas de nossa juventude têm sua origem na ignorância. Ninguém fala destas coisas para os garotos e garotas… ou lhes falam mal. Veja o caso de Rafinha, um adolescente que numa manhã amanheceu… molhado.

CONTROLESICA TRANSIÇÃO

AVÓ Rafinha!… Rafinha!

JOVEM O que foi, vó?

AVÓ Rafinha, o que você andou fazendo durante a noite?

JOVEM Dormindo, vó, o que mais poderia estar fazendo?

AVÓ Olha este lençol… uma nojeira…

JOVEM Eu não fiz na de mal, vó, eu juro…

AVÓ Se não fez com as mãos… com o que estava sonhando, pervertido?

JOVEM Não sei, vó, eu não lembro do que sonho…

AVÓ Nojento… Agora vai lavar teu lençol… E escute bem, que isso não se repita. Promete, Rafinha?

JOVEM Sim, vó, prometo… nunca mais, vó…

CONTROLESICA TRANSIÇÃO

DOUTORA Pobre Rafinha. E pobre avó, porque seu neto nunca vai poder cumprir sua promessa. Rafinha tem agora 11 anos, 12 anos, e seu corpo está sentindo as mudanças hormonais…

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Alô, sim?

PETULANTE Sabe, doutora Mirales, o que acontece com esse garoto é conhecido como “polução noturna”. Não sei se a senhora, sendo mulher, sabe destas coisas.

DOUTORA Um pouco sim, meu estimado ouvinte. Mas já que o senhor sabe tanto, me diga: por que se chama polução noturna?

PETULANTE Bom, polução… polução significa…

DOUTORA Polução significa “sujeira”. E que eu saiba, o sêmen do homem, o líquido da vida, não é nada sujo. É o mais limpo que sai do corpo de um homem. E noturna?

PETULANTE Bom, claro, porque isso ocorre durante a noite…

DOUTORA “Sujeira durante a noite”… Parece o título de um filme ruim de Hollywood… E, no entanto, isso que você chama de “polução noturna” é uma coisa muito importante, mostra que os garotos chegaram à puberdade. Da mesma maneira que celebramos a primeira menstruação de uma garota, também deveríamos mudar esse nominho feio e celebrar a primeira ejaculação de um garoto.

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Sim, diga-me?

HOMEM Sabe, doutora, eu sei que essas poluções ou como a senhora queira chamá-las, acontecem de maneira involuntária…

DOUTORA Isso mesmo, durante o sono. Por isso, alguns as chamam “sonhos molhados”.

HOMEM E que isso mostra que o menino já não é tão criança, que já poderia fecundar uma mulher.

DOUTORA Exato. É um processo natural, hormonal.

HOMEM Mas uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.

DOUTORA Nisso estou de acordo, mas não sei aonde o senhor quer chegar.

HOMEM Quero chegar a (MEIA VOZ) masturbação.

DOUTORA Um pouco mais alto que não lhe ouço.

HOMEM A masturbação, doutora, que essa não é nem tão involuntária nem tão noturna. Os garotos se escondem no banheiro, ou em outro lugar qualquer, e aí estão eles mandando ver…

DOUTORA A masturbação, meu amigo, também não tem nada de errado. Em outros consultórios já falamos sobre isso. Simplesmente, os jovens, os garotos e as garotas também, estão aprendendo a conhecer seus corpos.

EFEITO TELEFONE

DOUTORA Alô, sim, quem fala?

JOVEM Eu, doutora.

DOUTORA Quantos anos você tem?

JOVEM 15 anos.

DOUTORA Então, você deve ter muitos sonhos molhados…

JOVEM Molhados e duros, doutora.

DOUTORA Duros?

JOVEM É que acontece que quando acordo, nem sempre, mas muitas vezes, me levanto com uma… com uma…

DOUTORA Você se levanta com a espada desembainhada?

JOVEM Isso, doutora, com uma ereção que não posso dissimular… Mas eu não lembro de ter estado sonhando nada mal… O que está acontecendo comigo, doutora?

DOUTORA Primeiro, que nenhum sonho é mal. Os sonhos são fantasias. Se você tem lindas fantasias sexuais, aproveite-as. Segundo, que acordar com o pênis ereto é algo natural…

JOVEM Acontece a mesma coisa com todos os homens?

DOUTORA Com todos. Todos têm ereções enquanto dormem. E não é que estejam pensando na vizinha… As ereções noturnas não têm necessariamente relação com sonhos eróticos. Não lhes dê importância. Levante-se, vai ao banheiro, e a espada voltará a seu lugar.

JOVEM Obrigado, doutora…

DOUTORA Bom, já vou me despedindo. Para avó de Rafinha, se estiver me escutando, lhe digo: não brigue com seu neto por causa de sonhos molhados. Isso é natural e saudável. Agora, se quiser aproveitar para que ele lave o lençol, isso sim eu concordo. Assim ele vai se acostumando a dividir as tarefas do lar. Até a próxima!

BIBLIOGRAFÍA
Lorena Berdún, En tu casa o en la mía, Punto de lectura, Madrid 2001.

SONHOS MOLHADOS

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.