UMA CASA VIRTUAL (2)

Este radioclip es de texto y no tiene audio grabado.

Hosting. Alojar a nossa página web em algum “servidor”.

Já temos a direção ou “dominio” para nossa página web.

O segundo passo é alojar esta página em algum “servidor”. Há muitas empresas que te ofrecem hospedagem ou alojamento de páginas web. É o que se conhece como “hosting” ou “host”, por seu nome em inglês.

Os preços variam, dependendo da capacidade. E a capacidade depende do uso que você vai dar à página.

Suponhamos que só queres alojar uma página com poucas fotos e sem áudio. Será suficiente um espaço com 10 Megas de “hosting”.

Mas se queres oferecer áudios, vídeos ou grande quantidade de fotografias em tua página web, deverás alugar um maior . Por exemplo, de 500 Megas. Ou de um Giga (1024 Megas).

Quando contratas um hosting, o que realmente estás fazendo é alugar um espaço em um disco rígido de um servidor e um acesso ao mesmo (uma ” banda larga”).

Se queres maior capacidade é recomendável alugar um “servidor dedicado”, isto é , um servidor completo para só para você. Mas isto implica mais conhecimentos e maiores custos.

Atualmente, quase todos os servidores vem com um programa de gestão (os mais comuns e melhor desenvolvimento são Painel e Plesk) que facilita a manutenção das páginas sem maior complicação e sem que o usuário seja um experto.

Uma vez que temos nossa casa virtual (o “hosting”) e sua direção também virtual (o “dominio”) só nos falta colocar os móveis, habitá-la. Isto é, desenhar a página.

Mãosa página… no seguinte capítulo!

UMA CASA VIRTUAL (2)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.